Dirceu

Ex-ponta do Palmeiras, Flamengo, Botafogo-RP e Lusa
Dirceu, o Dirceu Carvalho, ex-ponta-esquerda do Palmeiras e do América-SP, morreu na manhã do dia 4 de janeiro de 2019, aos 77 anos, em São José do Rio Preto-SP, vítima de parada cardíaca. Ele morava no bairro Imperial, em Rio Preto-SP, onde trabalhou por muitos anos como operador de triagem do correio.

Dirceu foi revelado pelo América de Rio Preto e por suas boas apresentações com a camisa do Diabo, foi contratado pelo Palmeiras, em 1963. Ficou no Verdão até 1966, mas foi pouco aproveitado. Com a camisa alviverde, atuou em 12 jogos, sendo seis vitórias, três empates e três derrotas. Marcou quatro gols. Os números constam do Almanaque do Palmeiras, de Celso Unzelte.

Ainda em 1966, Dirceu mudou de ares e teve uma rápida passagem pelo Flamengo. No time da Gávea, foram quatro jogos, sendo uma vitória, dois empates e uma derrota, sefgundo números do Almanaque do Flamengo, de Roberto Assaf e Clóvis Martins.

No ano seguinte, voltou para São Paulo e atuou pelo lado esquerdo do ataque da Portuguesa de Desportos.

Dirceu ainda teve passagens pelo Botafogo de Ribeirão Preto-SP, Londrina, ambos em 1969, pelo Apucarana e pelo Rio Preto Esporte Clube, onde encerrou a carreira em 1972.

Nascido em São José do Rio Preto, no dia 21 de maio de 1941, Dirceu era casado e deixou três filhos e uma neta.

por Gustavo Grohmann
 
Ainda sobre Dirceu, no dia 13 de julho de 2008, o site Terceiro Tempo recebeu do internauta Valter Neves (valter_neves@folhaweb.com.br) o seguinte e-mail:
"MENSAGEM: Olá, Milton Neves. Enviei um e-mail semana passada para você, comentando que sou filho de Rio Preto, lembrando do América, do Rio Preto, do técnico 71, do Ambrósio, do Bacurau, e você complementou lembrando de outros atletas, dentre os quais o Dirceu (Dirceuzinho) que jogou no América. Olha, sobre o Dirceu tenho uma história interessante.
Eu ainda jovenzinho, acompanhava os jogos das equipes amadoras de Rio Preto. Certo final de semana, jogavam a Portuguesa (time amador de Rio Preto) com outra equipe em que jogava o Dirceu. Meu irmão (já falecido) jogava na Portuguesa, como zagueiro. Meu irmão era alto, e beque de respeito.
Seu nome Décio (ou Dezoito ou ainda Canela (apelidos)). O Dirceu jogava como Ponta Esquerda. Era daquele tipo "batatinha?, e driblava como ninguém, além de ser muito rápido. Depois de algumas jogadas ríspidas no desenrolar do jogo, a certa altura meu irmão ? o lateral Dezoito como era mais conhecido - quando a bola estava sendo disputada em outro setor do gramado, pegou o Dirceuzinho pelos ombros e deu-lhe uma senhora cabeçada em sua testa, que o Dirceuzinho pranchou no chão, desmaiado.
Aí o tempo fechou. Houve invasão de campo. A torcida do time em que o Dirceuzinho jogava invadiu o gramado a procura do Dezoito, mas este já havia sido conduzido mais que rapidamente para dentro do túnel pelo Senhor Serafim (figura folclórica na historio do Rio Preto Esporte Clube ? era roupeiro e zelador do campo ? morava no local com a família ? era pai do Paulinho Andrade, que jogou no Londrina Esporte Clube ).
Eu, que era um pouco mais esperto do que hoje sou, fiquei quietinho no meu canto na arquibancada do campo do Rio Preto Esporte Clube, que ficava na Rua Bernardino de Campos, na Vila Redentora, em Rio Preto. Hoje vamos festejar a vitória do Palmeiras sobre o São Paulo, com certeza."
ver mais notícias

Pelo Palmeiras:

Atuou em 12 jogos, sendo seis vitórias, três empates e três derrotas. Marcou quatro gols.
Fonte: Almanaque do Palmeiras, de Celso Unzelte.

Pelo Flamengo:


Atuou em quatro jogos, sendo uma vitória, dois empates e uma derrota.
Fonte: Almanaque do Flamengo, de Roberto Assaf e Clóvis Martins.

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES