Amadeu Rodrigues

Ex-piloto e chefe de equipe

por Marcos Júnior Micheletti

O ex-piloto e chefe de equipe Amadeu Rodrigues, paulistano nascido em 6 de agosto de 1955, morreu na noite de 31 de outubro de 2020, aos 65 anos, vítima de um acidente automobilístico na BR 365, nas proximidades de Uberlândia (MG), procedente de Goiânia, onde comandou sua equipe, a Hot Car, nas 4 Horas de Goiânia, prova válida pelo Império Endurance Brasil.

Amadeu guiava a van de sua equipe ao lado de sua esposa, Cibele Rodrigues, que teve fratura em uma perna. Outros membros da equipe também sofreram lesões e foram hospitalizados. A van conduzida por Amadeu chocou-se com a traseira de uma carreta.

Carismático e muito querido no meio do automobilismo, Amadeu foi um dos bons pilotos de sua geração, tendo conquistado diversos títulos, como na extinta Divisão 3, no Brasileiro de Endurance, Marcas e Pilotos e Copa Clio.

GRAVE ACIDENTE QUANDO ERA PILOTO

Amadeu Rodrigues sofreu um grave acidente em1989 no circuito gaúcho de Tarumã, válido pelo Campeonato Brasileiro de Marcas e Pilotos, quando seu Voyage foi tocado pelo carro de Xandy Negrão e capotou.

O carro de Amadeu incendiou-se em seguida e ele ficou cerca de 30 segundos em meio às chamas, tendo cerca de 75% de seu corpo queimado.

Ele passou por um longo período de internação no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde foi submetido a 48 cirurgias, contando, sempre, com o apoio e cuidados de sua esposa Cibele.

PROBLEMA DE SAÚDE RECENTE

Amadeu Rodrigues ainda enfrentou e venceu batalha contra um câncer há dois anos. Embora tenha ficado um pouco debilitado durante o tratamento, não deixou de estar presente aos autódromos, contando, como sempre, com o apoio da esposa e das filhas.

EQUIPE PRÓPRIA

Em 1980 fundou sua equipe própria, a Hot Car, que desde 2001 integra o grid da Stock Car. A equipe está sediada em Cajamar, interior de São Paulo, com atividades na Stock Car, Endurance Brasil e Mercedes-Benz Challenge. Também participou como chefe de equipe da antiga Copa Montana, rebatizada de Stock Light.

Como chefe de equipe foi campeão da temporada de 2014 do Mercedes-Benz Challenge.

Diversos pilotos passaram por sua equipe na Stock Car, entre eles Antonio Pizzonia, Rafa Matos, Rafael Suzuki, Sérgio Jimenez, Felipe Lappena, Raphael Abatte, Diego Nunes, Guga Lima, Eduardo Leite, Fábio Fogaça, Pedro Cardoso, Ricardo Sperafico, Guilherme Salas, Giuliano Losacco, Wellington Justino e Mauro Giallombardo.

Em 14 de setembro de 2014, em uma entrevista ao Bella Macchina do Portal Terceiro Tempo, durante etapas conjuntas da Stock Car e do Mercedes-Benz Challenge, no Velopark, em Nova Santa Rita (RS), falou da intensidade de trabalho em um fim de semana de corridas, dividindo atenções entre estas duas categorias diferentes.

"Vida de chefe de equipe não é fácil não, principalmente com pessoas que centralizam bastante, apesar de eu ter muitos funcionários e delegar muita coisa. Eu também sou engenheiro dos carros, da maior parte deles (na Mercedes e na Stock Car) e eu aprendi, nesses anos todos a `desligar da tomada´um carro aí eu paro e estou pensando no outro e não confundo, que é uma qualidade que eu tenho que eu acho muito difícil", comentou Amadeu na ocasião.

Amadeu deixou a esposa Cibele e duas filhas: Juliana e Bárbara.

ABAIXO, VÍDEO DE ENSAIO DE PIT STOP COMANDADO POR AMADEU RODRIGUES EM 4 DE DEZEMBRO DE 2010, EM CURITIBA (PR), VÉSPERA DA PROVA QUE ENCERROU O CAMPEONATO DA STOCK CAR DAQUELE ANO. O CARRO, O Nº1 DA HOT CAR, É O DE ANTONIO PIZZONIA. GRAVAÇÃO: MARCOS JÚNIOR MICHELETTI

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES