Dirigente gremista disse que o trabalho do treinador será reavaliado. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Dirigente gremista disse que o trabalho do treinador será reavaliado. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

A eliminação do Grêmio na pré-Libertadores diante do Independiente Del Valle coloca forte pressão sobre Renato Portaluppi. Após a derrota tricolor por 2 a 1 frente ao time equatoriano jogando em casa, o vice-presidente gremista, Claudio Oderich, afirmou que a direção vai reavaliar a continuidade do trabalho e não descartou a demissão do treinador, que com Covid-19 não comandou a equipe no campo nas duas partidas da terceira fase da pré-Libertadores.

“Não pode ser uma avaliação de amor ao passado e sim do quer o Grêmio daqui pra frente. Não vou dizer que a mudança do técnico não pode ser descartada”, disse Oderich, à Rádio Bandeirantes.

Pregando respeito à história de Renato no clube, o cartola destacou que o trabalho do treinador será analisado com cuidado para determinar que terá continuidade ou não.

“É o nosso maior ídolo, temos uma estátua pra ele na Arena, de forma merecida. A gente sabe que tudo tem inicio e fim, com certeza o Grêmio e sua direção fará aquilo que é melhor para o momento. Com certeza vamos tomar medidas para o melhor do Grêmio”, disse.

“Vamos discutir amanhã estes assuntos e vamos dar uma satisfação para a imprensa e principalmente pro torcedor (sobre a permanência do Renato)”, finalizou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa