O atleta morreu numa colisão de moto e deixa 4 filhos. (Foto: Bruno Braz/UOL)

O atleta morreu numa colisão de moto e deixa 4 filhos. (Foto: Bruno Braz/UOL)

Bruno Braz
Do UOL, no Rio de Janeiro

O corpo do atacante Thalles, de 24 anos, foi enterrado na tarde de hoje (23) no cemitério Memorial Parque Nycteroy, em São Gonçalo (RJ), região onde o jogador foi nascido e criado.

Thalles morreu por volta das 7h de ontem (22) numa colisão de moto. O atacante estava sem capacete. Ele deixa quatro filhos.

O sepultamento teve a presença do presidente do Vasco, Alexandre Campello, e de alguns jogadores do elenco, como o goleiro Gabriel Félix, o lateral esquerdo Henrique, o lateral direito Yago Pikachu e o zagueiro Jomar.

O técnico Jorginho, que foi seu comandante tanto no Vasco como agora na Ponte Preta, também esteve presente e, muito emocionado, lamentou a morte precoce do jovem:

"Lembro da última conversa que tive com ele. Dizendo que estava feliz com a oportunidade, que tinha a possibilidade de retornar ao Vasco. Disse que ele precisava muito se cuidar. É um jovem atleta que estava deslumbrado com o momento. Fica um exemplo pra nós que a vida é muito passageira. A morte não tem idade. Temos que aproveitar muito nossa vida e ficar perto de quem a gente ama", declarou.

Campello levou uma bandeira do Vasco e coube a Henrique, companheiro de Thalles desde os tempos da base, entregá-la para a mãe do atacante, que estava com a camisa da seleção brasileira com o nome do seu filho, que defendeu o Brasil no sub-20.

Cerca de 200 pessoas acompanharam o cortejo, que contou com amigos, familiares e torcedores do Vasco.

A música "A amizade", do grupo Fundo de Quintal, foi entoada pelos companheiros do jogador.

(Foto: Bruno Braz/UOL)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    61
  • 2 Pal
    53
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    44
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa