Francês, hoje presidente da FIA, foi patrão do ex-piloto na Ferrari. Foto: Divulgação

Francês, hoje presidente da FIA, foi patrão do ex-piloto na Ferrari. Foto: Divulgação

O francês Jean Todt, atual presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), em entrevista ao jornal alemão "Bild", destacou o papel de Corinna Betsch Schumacher na sobrevivência de Michael Schumacher. Ela é casada com o ex-piloto desde 1995.

Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1 (1994, 1995, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004), sendo os dois primeiros pela Benetton e os demais pela Ferrari, está com 52 anos, e sua real situação de saúde segue uma incógnita desde o gravíssimo acidente de esqui que sofreu em 29 de dezembro de 2013, em Méribel, nos Alpes Franceses.

"Passei muito tempo com Corinna desde o acidente em 29 de dezembro de 2013. Ela é uma mulher maravilhosa, que lidera a família. Graças ao trabalho dos médicos e de Corinna, que queriam que ele sobrevivesse, Michael realmente sobreviveu, embora com consequências", ponderou Jean Todt, dando a entender que Schumacher esteve em situação realmente delicada e a esposa tenha sido fundamental em uma decisão médica pela sobrevida do marido. Todt ainda disse ter esperança em uma melhora na situação do ex-piloto.

"No momento, estamos lutando justamente contra essas consequências. Esperamos que a situação melhore, ainda que aos poucos. “E sete anos e oito meses após o acidente Schumacher ainda tem que lutar para recuperar a estabilidade, com a certeza de que sua família e amigos continuarão a lutar com ele", concluiu o Todt, que foi chefe da Ferrari na Fórmula 1 durante todo o tempo em que o alemão competiu pela equipe italiana.

ALGUMA PISTA NO DOCUMENTÁRIO QUE SERÁ LANÇADO EM BREVE?

O dia 15 de setembro deste ano poderá elucidar algumas dúvidas sobre o real estado de saúde de Michael Schumacher. Pelo menos esta é a expectativa, pois nesta data será lançado o documentário "Schumacher", pela Netflix, em uma produção da alemã A B|14 Film. Porém, é mais provável que o documentário verse apenas pela carreira do ex-piloto, mostrando bastidores de sua trajetória, e dificilmente esclareça algo sobre sua atual condição clínica.

Michael teve um único casamento, exatamente com Corinna Betsch Schumacher. Da união, nasceram os dois filhos do casal: Gina-Maria, atualmente com 24 anos, e Mick Schumacher, de 22 anos, piloto da Haas na F1.

RELEMBRANDO O ACIDENTE...

Schumacher sofreu um gravíssimo acidente em 29 de dezembro de 2013, esquiando nos Alpes Franceses, na estação de esqui de Méribel, quando bateu a cabeça contra uma pedra. O ex-piloto foi levado de helicóptero a um hospital próximo à estação de esqui, e depois foi transferido para um outro, na cidade de Grenoble, na França, onde foi internado em estado de coma. Ele utilizava um capacete, mas sofreu um traumatismo craniano que o levou a uma cirurgia de emergência e uma segunda intervenção, ambas para redução da pressão intracraniana.

Depois deste período na França, onde permaneceu internado até 16 de junho de 2014, Schumacher foi transferido para uma clínica de recuperação em Lausanne, na Suíça, onde permaneceu até 9 de setembro de 2014, para prosseguir sua recuperação domiciliarmente, na Suíça.

O alemão Michael Schumacher, com passagens por Jordan, Benetton, Ferrari e Mercedes, conquistou sete títulos mundiais na Fórmula 1 (1994, 1995, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004), vencendo 91 corridas e conquistando 68 poles, números superados apenas pelo britânico Lewis Hamilton.

Resgate de Michael Schumacher em 29 de dezembro de 2013, nos Alpes Franceses. Foto: Divulgação

 


      

  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa