Goleiro teve um grande ano em 1988 e defendeu um pênalti em seu primeiro jogo oficial. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Goleiro teve um grande ano em 1988 e defendeu um pênalti em seu primeiro jogo oficial. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Há exatos 30 anos, em uma tarde de domingo na cidade de São José dos Campos, o goleiro Ronaldo Soares Giovanelli estreava com a camisa corintiana, em um amistoso disputado contra o São José.

Naquele 7 de fevereiro de 1988, aos 20 anos de idade, o então reserva imediato de Carlos defendeu a meta alvinegra no empate em 0 a 0 com a equipe do Vale do Paraíba. Jair Pereira era o técnico do Corinthians, que naquele dia atuou com Ronaldo; Edson, Marcelo, Dama (Pinella) e Aílton; Márcio, Éverton (Edmundo) e João Paulo (João Carlos); Marcos Roberto, Edmar e Paulinho Carioca (Eduardo).

Ronaldo ainda atuou em mais dois amistosos na sequência. Em Taubaté, derrota para o Taubaté por 1 a 0 (gol de Wanderley) e contra o Santos, no Pacaembu, vitória corintiana por 1 a 0, gol marcado por Éverton.

O terceiro jogo de Ronaldo com a camisa 1 do Corinthians foi oficial, válido pelo Campeonato Paulista de 1988, contra o São Paulo, em 28 de fevereiro.

Naquele jogo, aliás, Ronaldo defendeu um pênalti cobrado pelo uruguaio Darío Pereyra. O Corinthians venceu por 2 a 1. Wilson Mano abriu o placar para o Timão. O saudoso Edivaldo (1962 - 1993) empatou para o São Paulo, e Edmar fez o segundo tento alvinegro.

O ano de 1988 acabou sendo marcante para Ronaldo, que foi o titular na decisão disputada em dois jogos contra o Guarani, com o Corinthians sagrando-se campeão em Campinas com o gol de Viola na prorrogação.

Paulistano nascido em 20 de novembro de 1967, Ronaldo hoje é comentarista da Band e da Rádio Transamérica-FM. Ele foi titular da meta corintiana por dez anos, tendo cumprido 601 jogos com a camisa alvinegra, atrás apenas de Wladimir (803) e Luizinho, o Pequeno Polegar (606).

Pelo Corinthians, Ronaldo conquistou três títulos paulistas (1988, 1995 e 1997), o Brasileiro de 1990 (primeiro do Corinthians) e a Copa do Brasil de 1995.

Depois de deixar o Corinthians, em 1998, Ronaldo passou por Fluminense, Inter de Limeira (SP), Portuguesa de Desportos, Gama, Ponte Preta, Portuguesa Santista, ABC (RN), Metropolitano (SC) e novamente Portuguesa Santista, onde encerrou sua carreira, em 2005.

Com informações do Almanaque do Timão, de Celso Unzelte.

ABAIXO, VÍDEO DO 1º JOGO OFICIAL DE RONALDO, NA VITÓRIA DO CORINTHIANS POR 2 A 1 CONTRA O SÃO PAULO, NO MORUMBI. RONALDO FOI O PRINCIPAL DESTAQUE DO JOGO, DEFENDENDO UM PÊNALTI COBRADO POR DARÍO PEREYRA. VEJA, OS GOLS E ALGUMAS DEFESAS DE RONALDO, COM LOCUÇÃO DE FERNANDO VANUCCI

Os amigos Ronaldo e Neto comemorando gol do Corinthians na década de 90. Reprodução

 

Neto, Milton Neves e Ronaldo no estande da Rafarillo na Francal, no Anhembi, em 16 de julho de 2014. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Em 10 de maio de 2014, ao lado de uma fã, Marcelinho Carioca e do saudoso Dr. Osmar de Oliveira (1943 - 2014) na inauguração da Arena Corinthians. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

No estacionamento da Arena Corinthians, em 10 de maio de 2014, ao lado dos filhos e da esposa Roberta, após o jogo inaugural no estádio alvinegro. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Ronaldo e Milton Neves durante o Terceiro Tempo da Band, em 2015. Reprodução

 

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE RONALDO GIOVANELLI NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?".

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa