O Real Valladolid escapou do rebaixamento com uma vitória por 2 a 1 contra o Rayo Vallecano

O Real Valladolid escapou do rebaixamento com uma vitória por 2 a 1 contra o Rayo Vallecano

Do UOL, em São Paulo

Ronaldo fez o balanço de sua primeira temporada à frente do Real Valladolid. Em entrevista ao jornal "Marca", o Fenômeno falou sobre as experiências fora de campo como dirigente do clube espanhol.

"No estádio, procuro sofrer calado e escondido, mas se sofre muito mais do que como jogador. O dia que mais sofri foi o da salvação [do rebaixamento], contra o Rayo Vallecano [na 37ª rodada do Campeonato Espanhol]. Talvez o Deus do futebol tenha nos ajudado, mas merecíamos nos salvar", disse o ex-atacante.

O Real Valladolid escapou do rebaixamento com uma vitória por 2 a 1 contra o Rayo Vallecano na penúltima rodada do Campeonato Espanhol. A equipe terminou a disputa na 17ª colocação, com 41 pontos -- quatro a mais que o primeiro time rebaixado.

Além disso, Ronaldo também citou alguns dirigentes que o inspiraram em sua nova função. Entre eles, está Andrés Sánchez, que levou o ex-atacante ao Corinthians no fim de 2008.

"Eu tive três presidentes que me inspirei: Massimo Moratti (Inter de Milão), Florentino Pérez (Real Madrid) e Andrés Sánchez (Corinthians). O Florentino é quem eu mais sou próximo", acrescentou Ronaldo.

Ronaldo se tornou dono do Real Valladolid em setembro do ano passado, quando adquiriu 51% das ações do clube.

Ontem (28), a Polícia Nacional da Espanha prendeu ex-jogadores, incluindo Borja Fernández (que defendeu o Real Valladolid na última temporada), suspeitos de manipulações de jogos da primeira e segunda divisão espanhola. A partida entre o clube de Ronaldo e o Valencia, realizada no dia 18 de maio na última rodada do Campeonato Espanhol está sendo investigada.

Foto: Oscar del Pozo/AFP (via UOL)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa