Na derrota para Argentina, Paquetá foi substituído no intervalo. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Na derrota para Argentina, Paquetá foi substituído no intervalo. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Um dos camisas 10 marcantes da história da seleção brasileira, Rivaldo não poupou criticas a comissão técnica do Brasil por ter deixado o número icônico com Lucas Paquetá para o amistoso contra a Argentina, na última sexta-feira (15).

Em publicação nas suas redes sociais, Rivaldo deixou claro que não tem nada contra Paquetá, mas mostrou sua insatisfação com o tratamento de Tite com o número 10.

“Assisti ao jogo entre Brasil x Argentina e fiquei muito triste de ver o que aconteceu com a camisa 10. Deram a camisa 10 para o Paquetá contra a Argentina. Camisa que é respeitada mundialmente. Esta camisa não é para ficar no banco e muito menos sair no intervalo, porque é a camisa que o mundo conhece e respeita porque foi usada e honrada por Pelé, Rivelino, Zico, Rivaldo, Kaká, Ronaldinho, Neyma”, escreveu o ex-jogador.

Campeão do mundo com o Brasil em 2002, Rivaldo ainda deixou claro que não se trata de uma crítica a Paquetá, mas ao fato de ele receber a camisa 10 em uma partida tão pesada.

“O jogador não tem culpa, mas a comissão técnica sim, pois eles sabem do peso desta camisa e também que poderia queimar o garoto de 22 anos que pode ter um grande futuro com a seleção brasileira”, explicou. “Da mesma forma que o treinador quis proteger o Rodrygo, que está jogando muito bem no Real Madrid, para esse jogo, poderia ter protegido o Paquetá de jogar com essa camisa. Todos nós sabemos que Brasil e Argentina nunca será um jogo amistoso”, completou o ex-camisa 10.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Assisti o jogo entre Brasil ???????? x Argentina ???????? e fiquei muito triste de ver o que aconteceu com a camisa 10. Deram a camisa 10 para o Paquetá contra a Argentina. Camisa que é respeitada mundialmente. Esta camisa não é para ficar no banco e muito menos sair no intervalo, porque é a camisa que o mundo conhece e respeita porque foi usada e honrada por Pelé, Rivelino, Zico, Rivaldo, Kaká, Ronaldinho, Neymar. O jogador não tem culpa, mas a comissão técnica sim, pois eles sabem do peso desta camisa e também que poderia queimar o garoto de 22 anos que pode ter um grande futuro com a seleção brasileira. Da mesma forma que o treinador quis proteger o Rodrygo, que está jogando muito bem no Real Madrid, para esse jogo, poderia ter protegido o Paquetá de jogar com essa camisa. Todos nós sabemos que Brasil ???????? e Argentina ???????? nunca será um jogo amistoso.

Uma publicação compartilhada por Rivaldo Ferreira (@rivaldo) em

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa