O ala conquistou importantes títulos pela seleção e clubes. Foto: Ricardo Biserra / Divulgação

O ala conquistou importantes títulos pela seleção e clubes. Foto: Ricardo Biserra / Divulgação

Um dos mais brilhantes jogadores de basquete do Brasil, Wlamir Marques completa 83 anos nesta quinta-feira (16).

Paulista de São Vicente, Wlamir tem uma coleção de títulos de respeito, dentre eles as medalhas de broze nos Joos Olímpicos de Roma (1960)  de Tóquio (1964), além de dois títulos mundiais, n Chile em 1959 e no Brasil em 1963.

O ala marcou época pelo Corinthians, com oito títulos estaduais.

Também foi treinador e atualmente é comentarista de basquete na ESPN.


Amauru Pasos e Wlamir Marques receberam as homenagens do Corinthians, no dia 25 de agosto de 2012, quando foram eternizados na Calçada da Fama do clube. Foto: Ricardo Biserra

 

Wlamir autografa bola de basquete a pedido de um admirador, no dia em que foi eternizado na Calçada da Fama, 25 de agosto de 2012. Foto: Ricardo Biserra

 

O ídolo, que teve marcante passagem pelo basquete corintiano, foi homenageado pelo clube no dia 25 de agosto de 2012. Foto: Ricardo Biserra

 

Homenageado pelo Corinthians, Wlamir Marques teve "suas mãos" eternizadas na Calçada da Fama no dia 25 de agosto de 2012. Foto: Ricardo Biserra

 

Wlamir em homenagem promovida pelo Corinthians, no dia 25 de agosto de 2012. Foto: Ricardo Biserra

 

- Em 1960, o Brasil conquistou a medalha de bronze. deixando a equipe da casa na quarta colocação. Veja na imagem acima em sequencia: Algodão, Wlamir Marques, Edson Bispo, Amaury Pasos e Valdemar.

 

Da esquerda para a direita: Mosquito, Moisés, Boccardo, Bispo, Wlamir, Carlos Nunes, Amaury, Jathyr e Sucar. Foto: Reprodução/Jornal da Tarde

 

Da esquerda para a direita: Wlamir, Amaury, Sucar, Renê e Vítor. Foto: Reprodução/Jornal da Tarde

 

Da esquerda para a direita: o jornalista Juarez Araújo, o ex-jogador Amaury Pasos e Wlamir Marques

 

Foto de 1967 mostra o time de basquete do Corinthians sendo recebido pelo papa Paulo VI durante viagem à Europa. Solange Bibas é o primeiro à esquerda. Seguem o saudoso jornalista Renzo, Peninha, Renê, Wlamir e sua esposa Cecília, Eduardo, Ortiz, Ubiratan, Ramon Peñarrubia, João Crivelente Neto, José Cláudio Siqueira Reis, dirigentes, Bocalatto, o professor Moacir Daiuto e sua esposa, e o jornalista Vale

 

Wlamir em dia de evento no Corinthians com sorteio de prêmios. Conquistou oito títulos estaduais no Parque São Jorge

 

Corinthians tricampeão paulista de basquete em 1966. Em pé estão o técnico Moacir Daiuto, Chico, Eduardo, Renê, Ubiratan, Wlamir e Mical; agachados vemos Peninha, Amaury, Sacramento, Rosa Branca, Ortiz e o massagista Gianella

 

A maior equipe de basquete de todos os tempos vestiu a camisa do Corinthians: Amaury, Wlamir, Renê, Ubiratan e Rosa Branca

 

Postagem feita pela Confederação Brasileira de Basquete em 16 de julho de 2020, alusiva aos 83 anos de Wlamir Marques

 

Em outubro de 2018, o terceiro da esquerda para a direita é Wlamir Marques e o último é Henrique Alves

 

Em junho de1965, pelo Corinthians. Pedro Yves é o primeiro agachado, da esquerda para a direita. O terceiro é Rosa Branca e depois está Wlamir Marques. Foto enviada por Ana Flavia Simão, filha de Yves

 

Em 2017, sendo homenageado pelo Corinthians. Foto: UOL

 

Amaury Pasos, uma fã e Wlamir Marques, no jogo do Club Athletico Paulistano, em 2017

 

Amaury Pasos e Wlamir Marques, no jogo do Club Athletico Paulistano, em 2017

 

Em dois momentos

 

Capa da biografia do Wlamir, escrita pelo jornalista Auri Malveira

 

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Ath
    6
  • 2 Atl
    6
  • 3 Grê
    4
  • 4 Atl
    3
  • 5 Spo
    3
  • Veja tabela completa