O meia alegava que o clube alviverde concordou em adquirir dele próprio 50% de seus direitos

O meia alegava que o clube alviverde concordou em adquirir dele próprio 50% de seus direitos

Pedro Lopes
Do UOL, em São Paulo

Na Justiça, o Palmeiras conseguiu anular uma cobrança de R$ 3,5 milhões, movida pelo ex-jogador Lincoln, que defendeu o clube em 2010 e 2011. O meia alegava que, quando o contratou, o clube alviverde concordou em adquirir dele próprio 50% de seus direitos econômicos.

Foto: Almeida Rocha/Folhapress (via UOL)

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    13
  • 2 Atl
    12
  • 3 São
    11
  • 4 San
    10
  • 5 Int
    9
  • Veja tabela completa