"Luta do século" parte 2?

"Luta do século" parte 2?

Após a revelação de indícios de doping do boxeador Floyd Mayweather antes da "luta do século" contra Manny Pacquiao, realizada em maio, o filipino veio a público para pedir que a Agência Antidoping dos Estados Unidos (Usada) puna o rival. Além disso, o "Pac-Man" mais uma vez cobrou uma revanche.

"Por uma questão de jutiça e para o bem do esporte, a Usada precisa ser consistente. Se necessário, a Usada deve impor sanções adequadas para manter sua credibilidade e mostrar ao mundo inteiro que Mayweather não teve nenhum tratamento especial. É por isso que eu quero uma nova luta. Uma sem lesão e com disputa limpa. Sem favoritismo. Não uma luta em que a equipe de Mayweather dita as regras", declarou Pacquiao à imprensa filipina.

As suspeitas de doping foram reveladas pelo jornalista americano Thomas Hauser, especialista em boxe e autor da biografia de Muhammad Ali. Segundo Hauser, a Usada teria encontrado resquícios de substâncias utilizadas para prevenir desidratação, apenas um dia antes da luta. Tais substâncias só são permitidas caso não administradas de maneira intravenosa. Porém, até o momento, não há nenhuma comprovação sobre o método utilizado pela equipe de Mayweather.

Logo após a revelação das suspeitas, Pacquiao se manifestou:

"A verdade finalmente apareceu e eu fui inocentado. A equipe de Mayweather me acusou de usar PEDs. Agora olha o que aconteceu", disse Pacquiao por meio de um comunicado.

Mayweather volta aos ringues neste sábado, na MGM Grand, em Las Vegas, para fazer a última luta de sua carreira. Até o momento o boxeador disputou 48 combates, com 48 vitórias.

Foto: UOL

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    61
  • 2 Pal
    53
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    44
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa