Brasileiro disputou a temporada de 2012 na Indy. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Brasileiro disputou a temporada de 2012 na Indy. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Há exatos dez anos, em 7 de maio de 2012, no Texas, Rubens Barrichello acelerou pela primeira vez em um circuito oval pela Fórmula Indy, categoria pela qual competiu naquele mesmo ano.

Após quatro etapas (uma em circuito misto e três em traçados urbanos), Barrichello contou com a ajuda de companheiro de equipe na KV Racing, o amigo Tony Kanaan, que testou o carro por dez voltas antes de passá-lo às mãos de Rubens naquela que foi uma atividade livre, e que contou com a presença de outros pilotos, casos de Charlie Kimball, Graham Rahal, Dario Franchitti e Scott Dixon (todos da Ganassi), e Ryan Briscoe, Helio Castroneves e Will Power (os três da Penske), Mike Conway e Wade Cunnningham (da AJ Foyt) e Ed Carpenter (da Ed Carpenter).

ACELERANDO A 330 QUILÔMETROS POR HORA

Bastaram 55 minutos para que Rubens Barrichello saísse satisfeito do cockpit de seu Dallara-Chevrolet em sua primeira experiência naquele tipo de pista, tendo atingido cerca de 330 km/h.

"É diferente de tudo o que eu já experimentei. Na minha segunda saída à pista, depois de atingir as 200 milhas, fui até muito grosseiro no rádio, de tão empolgado que fiquei. Eu disse que era muito impressionante, mas não de uma forma muito comportada", brincou Barrichello.

O piloto ainda falou do sentimento em guiar na pista oval, que o deixou emocionado.

"Eu estive em lugares na F1 onde dizem que há grandes curvas que trazem grandes desafios, mas nunca vi os muros tão próximos. Estou realmente emocionado, mas minha mente ainda está processando tudo que passei nesses 55 minutos na pista. Acho que, para um novato, eu fui bem. E creio que os comissários da Indy também pensam assim", concluiu o brasileiro naquele 07 de maio de 2012.

FOI UM PREPARO PARA AS 500 MILHAS DE INDIANÁPOLIS

O teste coletivo da Indy no Texas serviu de preparação para Rubens Barrichello disputar a etapa seguinte da Indy, em 27 de maio, exatamente as 500 Milhas de Indianápolis, prova em que ele largou em 10º e terminou em 11º. A vitória foi de Dario Franchitti (Chip Ganassi). Scott Dixon (Chip Ganassi) foi o segundo e Tony Kanaan (KV Racing) completou o pódio, em terceiro.

DE VOLTA AO TEXAS

Em 09 de junho daquele ano, foi disputada a etapa do Texas, realizada no período noturno. Barrichello, que alinhou na 13ª posição do grid, teve problemas elétricos antes da bandeira verde, ainda na volta de apresentação. Ele conduziu seu carro para os boxes, ficando muito tempo parado, voltando no final para apenas ganhar mais quilometragem em uma pista oval, no caso, a segunda desde que estreou na Indy. A vitória foi do saudoso Justin Wilson (1978-2015), então pela Dale Coyne.

Rubens Barrichello fechou sua única temporada na Indy em 12º lugar, tendo obtido como melhor resultado a quarta colocação na antepenúltima etapa, no misto de Sonoma. O australiano Ryan Briscoe (Penske) foi o vencedor daquela corrida e o norte-americano Ryan Hunter-Reay (Andretti) foi o campeão de 2012.

Atualmente na Stock Car, competindo pela equipe Full Time Sports, Barrichello conquistou um título na categoria e soma 18 vitórias.  Na atual temporada ele está em sétimo lugar, com 56 pontos, 43 atrás do líder Daniel Serra (Eurofarma RC). A próxima etapa da Stock está marcada para o dia 15 de maio, a rodada dupla do Velocitta, em Mogi Guaçu, interior paulista.


Barrichello disputou quatro etapas em circuitos de rua e mistos antes de testar pela primeira vez em um oval. Na imagem, durante a São Paulo Indy 300, no Anhembi. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT



Barrichello com o carro da KV Racing, utilizando a configuração aerodinâmica para ovais,
em seu primeiro teste, no Texas. Foto: Divulgação/IndyCar



Tony Kanaan filma a passagem de Rubens Barrichello no oval do Texas. Foto: Divulgação/IndyCar

 

     

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa