Ex-centroavante do América-RJ dirigia justamente a equipe carioca em 2019. Foto: Divulgação/América-RJ

Ex-centroavante do América-RJ dirigia justamente a equipe carioca em 2019. Foto: Divulgação/América-RJ

O ex-centroavante e treinador Luisinho Lemos, que morreu em 2 de julho de 2019, completaria 68 anos neste sábado (3).

Luizinho sofrera um infarto oito dias antes de morrer, enquanto dirigia a equipe do América-RJ na estreia da equipe pela Série B do Campeonato Carioca, contra o Nova Cidade.

E foi justamente pelo América-RJ que Luisinho se destacou, como maior artilheiro da histórica do clube, com 311 gols. Também jogou por Flamengo, Botafogo-RJ, Internacional-RS, Palmeiras e Ferroviária de Araraquara. 

Também conhecido como Luisinho "Tombo", carioca de Niterói, nascido em 3 de outubro de 1952, ele era de uma família de futebolistas, irmão de César Maluco e de Caio Cambalhota.

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE LUISINHO LEMOS NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

Da esquerda para a direita, em pé: Sergio Bergantin, Mariani, Padua, Muri, Ticão, e Zé Carlos. Agachados: Luizinho Lemos, Zé Luiz, Nicanor de Carvalho, Bebeto de Oliveira, Vagner Martins e o massagista Rolinha. Foto arquivo pessoal de Durval Padovez "Padua"


Da esquerda para a direita, em pé: Sergio Bergantin, Baiano, Muri, Ticão, Fernando e Zé Carlos. Agachados: Luizinho Lemos, Zé Luiz, Itamar Bellasalma, Laerte e Vagner Martins. Foto enviada por Luiz Carlos Ferreira


Em pé, da esquerda para a direita: Luizinho Lemos, Dudu, Eurico, Ademir da Guia (ligeiramente curvado), Zé Carlos, Polaco, um primo de César Maluco e Luizinho Lemos, Ronaldo Drummond, Nicola Racciopi (parcialmente encoberto), Raul Marcel e Manfrini (com uma impecável calça de Tergal). Agachados: Pio, Celsinho (reserva de Zeca), Fedato, João Carlos e Luis Pereira. Foto: arquivo pessoal de Polaco


Luizinho Lemos saiu na Revista Placar. Foto enviada por Luiz Carlos Ferreira


Da esquerda para a direita, em pé: Sergio Bergantin, Baiano, Padua, Zé Luiz, Fernando e Zé Carlos. Agachado: Luizinho Lemos, Muri, Itamar Bellasalma, Ademir e Vagner Martins. Foto enviada por Luiz Carlos Ferreira


Luiz Carlos Ferreira e Luizinho Lemos. Foto enviada por Luiz Carlos Ferreira


Na praia de Copacabana, no dia 6 de maio de 2013. Foto enviada por Luiz Carlos Ferreira


Em pé, da esquerda para a direita: Demétrius, Polaco, Zedilson, Denilson, Benê e Paulo Sérgio. Agachados: Maurício, César, Gaúcho, Moreno, Rainha do América e Luizinho. Foto enviada por Gilvannewton Souza


Em pé, da esquerda para a direita: Gasperin, Zedilson, Airton, Everaldo, Chiquinho e Pires. Agachados: Serginho, Gilberto, Luizinho, Moreno e Gilson Gênio. Foto enviada por Gilvannewton Souza


Esse time do América-RJ disputou o Campeonato Brasileiro de 1973. Em pé, da esquerda para a direita, vemos: atleta não-identificado, Ivo Wortmann, Alex, Álvaro, Mareco e Vanderlei. Agachados: Antonio Carlos, Luizinho, Tadeu, Sérgio Lima e ponta não-identificado. E, claro, os gêmeos Carlos Roberto e Luiz Roberto, que aparecem em várias fotos do América nos anos 70. Hoje, eles moram em Niterói-RJ e continuam torcendo pelo "Ameriquinha". A foto, da Revista Manchete, foi enviada pelo nosso internauta Walter Roberto Peres


Em pé: Roberto, Toninho Baiano, Jaime, Dequinha, Vanderlei Luxemburgo e Merica. Agachados: o saudoso massagista João Carlos, Paulinho, Tadeu Ricci, Luizinho Lemos, Geraldo e Zé Roberto


O zagueiro Maxwell (o segundo em pé, da esquerda para a direita) e seus companheiros de equipe como o goleiro Gasperin (o primeiro em pé), o lateral-direito Jorginho (o terceiro em pé), o lateral-esquerdo Airton (o quinto em pé), o volante Pires (o sexto em pé), o ponta Gilcimar (o primeiro agachado), Gilberto (o segundo agachado), o centroavante Luizinho Lemos (o terceiro agachado) e o ponta Gílson Gênio (o último agachado)


Com 32 graus de temperatura, antes de um América x Fluminense, no Maracanã: Denílson é o terceiro, seguido pelo goleiro Régis e por Luizinho Lemos (irmão de César Maluco). O primeiro da esqueda é o lateral Paulo César. E quem será o gordinho com o dedo na boca no meio da foto?


América campeão da Taça Guanabara de 1974. Em pé: Mareco, Beto, Tereso, Rogério, Alex, Álvaro, Geraldo, Ivo e Orlando Lelé. Agachados: Flecha, Bráulio, Renato, Mauro, Luizinho Lemos, Edu e Gílson Nunes


Foto tirada em clássico entre Flamengo e América na década de 1970 no Maracanã. Zico está driblando Geraldo e Alex (sentado), ambos do América. Observam o lance Tadeu Ricci (camisa 8) e ao fundo Luisinho (de barba)


Dois momentos do querido e saudoso Luisinho Lemos


Em 2019, treinador do América-RJ. Foto: Divulgação/América-RJ


Pelé e Luizinho Lemos, pouco antes de confronto entre o Santos e a Ferroviária em Araraquara, no começo dos anos 70. Foto :arquivo pessoal de Sérgio Bergantin


Pelo Inter, clube que defendeu entre 1977 e 1978. Foto publicada no Facebook da História do S.C. Internacional


Recorte do jornal Casa da Gente, em homenagem aos irmãos César Maluco, Caio e Luizinho.


Em 1970 e em 6 de maio de 2013


Os irmãos Luizinho e Caio em 1970. Foto: arquivo pessoal de Caio


América x Botafogo, no Maracanã. Na imagem, Rocha, do Fogão, aparece marcando Luizinho Lemos. A foto é da revista Placar e foi garimpada pelo blog Tardes de Pacaembu

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa