Aos 27 anos, meia brasileiro não tem sido chamado para a seleção. Foto: Facebook/Reprodução

Aos 27 anos, meia brasileiro não tem sido chamado para a seleção. Foto: Facebook/Reprodução

Fã do futebol de Lucas Moura, José Mourinho acredita que o meia-atacante brasileiro não foi bem aproveitado por seus treinadores antigos e até mesmo por Tite, na seleção brasileira. Em entrevista ao Esporte Interativo, Mourinho alfinetou seu antecessor no Tottenham, Mauricio Pocchetino, que não escalou Lucas na final da Champions League diante do Liverpool, e destacou que o jogador revelado no São Paulo deveria ser chamado para a seleção brasileira.

“Com todo respeito a Tite, seu filho e staff técnico, que trabalha e trabalha bem, acho que o problema é menos do Lucas e mais dos treinadores que teve até hoje. Desde que ele veio para a Europa, onde está o treinador que pôs na cabeça dele: ´você é importante, é muito bom, prioritário e joga cada jogo´?”, ironizou Mourinho.

“Tanto no Paris quanto aqui, ele sempre viveu a situação de joga e não joga, joga dois e não joga um, inclusive depois de fazer o que fez na Champions League e não jogar a final. Acho que é a primeira vez que ele, um homem fantástico, sensível, emocional, sente: ´esse treinador gosta de mim´. E é algo recíproco. Está numa forma muito, muito boa”, comentou o técnico português lembrando que Lucas havia marcado três gols nas semifinais da Liga dos Campeões, quando o Tottenham conseguiu virada histórica sobre o Ajax.

“Com todo respeito ao Tite, a melhor coisa que podia fazer era não convocar o Lucas, para que em março ele pudesse reabastecer um bocadinho”, brincou. “Mas o Lucas está fazendo um trabalho fantástico, que merece tudo de bom. Não só na qualidade do jogo, mas na maneira que se entrega aqui”, completou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa