Miguel em foto de 2018. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Miguel em foto de 2018. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Morreu nesta sexta-feira (15), em São Paulo-SP, aos 74, Miguel de Oliveira, um dos maiores nomes do boxe brasileiro. Campeão mundial na categoria médios-ligeiros em 1975, Miguel estava internado desde julho deste ano no Hospital da Luz, na capital paulista, para o tratamento de um câncer no pâncreas. 

Paulista da cidade de São Manuel, onde nasceu em 30 de setembro de 1947, havia disputado por dois anos consecutivos o título mundial de boxe, em 1973 e 1974, perdendo nas duas vezes que antecederam seu grande triunfo de 1975 no combate realizado no Principado de Mônaco contra o espanhol José Duran, então campeão europeu.

Também campeão brasileiro de boxe em 1970, com um cartel de 56 lutas, Miguel de Oliveira venceu 50 vezes, sendo 25 por nocaute. Perdeu cinco confrontos e empatou um deles.

Formado em Educação Física, Miguel de Oliveira mantinha uma rotina invejável de atividade, com natação, musculação e pelo menos dez quilômetros diários de corrida.

Miguel de Oliveira participou de homenagem a Eder Jofre, no dia 25 de novembro de 2019, em São Paulo. Foto: Jorge Bevilacqua/ASE

 

Miguel de Oliveira participou de homenagem a Eder Jofre, no dia 25 de novembro de 2019, em São Paulo. Foto: Jorge Bevilacqua/ASE

 

Miguel de Oliveira participou de homenagem a Eder Jofre, no dia 25 de novembro de 2019, em São Paulo. Foto: Jorge Bevilacqua/ASE

 

Miguel de Oliveira participou de homenagem a Eder Jofre, no dia 25 de novembro de 2019, em São Paulo. Foto: Jorge Bevilacqua/ASE

 

Miguel de Oliveira participou de homenagem a Eder Jofre, no dia 25 de novembro de 2019, em São Paulo. Foto: Jorge Bevilacqua/ASE

 

Miguel de Oliveira participou de homenagem a Eder Jofre, no dia 25 de novembro de 2019, em São Paulo. Foto: Jorge Bevilacqua/ASE

 

Miguel de Oliveira participou de homenagem a Eder Jofre, no dia 25 de novembro de 2019, em São Paulo. Foto: Jorge Bevilacqua/ASE

 

Miguel de Oliveira e o jornalista Wilson Baldini Júnior logo após a exibição de `10 Segundos para Vencer´, filme que retrata a vida de Eder Jofre, na noite de pré-estreia, em 10 de setembro de 2018, no Cinépolis do Shopping JK, em São Paulo. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Eder Jofre e Miguel de Oliveira pouco antes da exibição de `10 Segundos para Vencer´, filme que retrata a vida de Eder, na noite de pré-estreia, em 10 de setembro de 2018, no Cinépolis do Shopping JK, em São Paulo. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Miguel de Oliveira pouco antes da exibição de `10 Segundos para Vencer´, filme que retrata a vida de Eder Jofre, na noite de pré-estreia, em 10 de setembro de 2018, no Cinépolis do Shopping JK, em São Paulo. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Miguel de OliveiraMiguel de Oliveira pouco antes da exibição de `10 Segundos para Vencer´, filme que retrata a vida de Eder Jofre, na noite de pré-estreia, em 10 de setembro de 2018, no Cinépolis do Shopping JK, em São Paulo. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Andrea Jofre (filha de Eder Jofre), um amigo e Miguel de Oliveira Miguel de Oliveira pouco antes da exibição de `10 Segundos para Vencer´, filme que retrata a vida de Eder Jofre, na noite de pré-estreia, em 10 de setembro de 2018, no Cinépolis do Shopping JK, em São Paulo. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Eder Jofre e Miguel de Oliveira pouco antes da exibição de `10 Segundos para Vencer´, filme que retrata a vida de Eder, na noite de pré-estreia, em 10 de setembro de 2018, no Cinépolis do Shopping JK, em São Paulo. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Miguel de Oliveira e o jornalista Ricardo Zanei, em 2011. Foto: Blog do Zanei

 

Foto histórica do arquivo pessoal de Sidnei Dal Rovere, Popó, Éder Jofre e Miguel de Oliveira.

 

Miguel de Oliveira e Antonio Carollo, em uma das últimas imagens do treinador. Foto: Confederação Brasileira de Boxe

 

Em 2004. Em pé: Eduardo Donato (produtor), Eder Jofre, Miguel de Oliveira, Samir dos Santos, Sidnei Dal Rovere, Chiquinho de Jesus e James Rubio, diretor de jornalismo da TV Assembléia. Sentados: Servílio de Oliveira, Luiz Carlos Fabre, Valdemir Sertão Pereira, Tião Nascimento, Milton Neves, Adailton de Jesus e o jornalista Newton Campos

 

Em 5 de agosto de 2014. Da esquerda para a direita, o segundo é Sidnei Dal Rovere. O terceiro é Miguel de Oliveira e o quinto é Eder Jofre. Foto enviada por Sidnei Dal Rovere

 

Cartaz anunciando a decisão do Mundial de Boxe em 1975, que consagrou Miguel de Oliveira. Reprodução

 

De braços erguidos, Miguel de Oliveira comemora o título mundial de boxe (categoria médios-ligeiros) em 7 de maio de 1975, após derrotar o espanhol José Duran, em Mônaco. Foto: Divulgação

 

Eder Jogre, Popó e Miguel de Oliveira almoçando juntos em 17 de maio de 2015. Foto:arquivo pessoal de Marcel Jofre, filho de Eder Jofre

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa