O campeão mundial Miguel de Oliveira

O campeão mundial Miguel de Oliveira

Neste sábado que passou, 03/05/14 assistimos direto da Arena MGM, Las Vegas nos EUA, três excelentes lutas.

A primeira do luta foi entre Adrien Broner vs Carlos Molina, até o terceiro round levava pequena vantagem Molina que é mais forte e também batia mais forte em Broner. A partir do quarto round, com certeza Broner foi avisado pelo seu treinador que Molina só batia andando para frente e a partir do quarto round Broner até empurrando com os braços, obrigava Molina a caminhar para trás, conclusão: daí para frente Broner dominou seu adversário e venceu o combate por margem de pontos.

Amir Khan vs Luís Collazo foi outra luta que o boxeador com melhor qualidade técnica venceu. Amir Khan em nenhum momento saiu da sua tática de luta, sabia que para superar Collazo não podia ficar parado trocando golpes e esteve impecável durante a luta toda movimentando as pernas, sem permitir a Collazo a troca de golpes na meia distância, nem mesmo quando derrubou o adversário no quarto round saiu da sua tática, Collazo baixou as mãos e chamava Khan para a troca de golpes, no décimo round Amir Khan acertou dois ganchos na região do fígado de Collazo e este foi à lona novamente, ainda assim o experiente Khan continuou a movimentação de pernas e superou com larga margem de pontos o guerreiro Luís Collazo.

A luta final e muito aguardada por todos amantes do boxe foi entre o atleta mais bem pago do planeta, Floyd Maywather e o argentino Marcos Maidana.

Maidana começou a luta atacando Maywather e venceu os dois primeiros rounds, muito forte e com golpes duríssimos, não permitiu durante a luta toda que Maywather tivesse o domínio do combate, no final da luta a certeza de uma luta difícil para ambos, Maidana com seus golpes potentes e sua garra, não permitiu o domínio técnico de Maywather. O americano acostumado a lutar com os melhores boxeadores do seu peso e domina-los com sua melhor técnica, teve uma luta difícil e venceu equilibradamente.

O campeão mundial Miguel de Oliveira:

Na noite de terça-feira, 29/04/14 levei alguns sócios do Club Athlético Paulistano que praticam boxe para treinarem na Cia Athlética da rua Kansas.

Esta Cia Athlética foi a primeira grande academia de fitness e outras atividades físicas e esportes do Brasil.

Isto foi a 29 anos atrás e desde o primeiro dia de funcionamento desta academia, estava presente o boxe comandado pelo professor Miguel de Oliveira.

Professor literalmente, ainda nos anos 70, quando foi campeão mundial de boxe em 1975, concluiu a faculdade de Educação Física.

Nos anos 80, além de atender na sala de boxe os alunos da Cia Athlética, era técnico de alguns boxeadores profissionais que dividiam o espaço da sala com os alunos.

Foi um momento único, alunos de boxe sem o objetivo de competirem, utilizando a modalidade como meio para melhor qualidade de vida, treinando junto com campeões brasileiros e até sul-americanos de boxe profissional.

Os boxeadores campeões sul-americanos eram o peso pesado Adilson "Maguila" Rodrigues e o peso leve Francisco Thomaz da Cruz.

E os campeões brasileiros eram o peso mosca Paulo Ribeiro, o peso galo João Cardoso, o peso pena Sidnei Dal Rovere e o peso meio-médio Hélio Santana.

Ainda hoje, depois de 29 anos, o professor Miguel de Oliveira continua ensinando como atender bem o cliente que pratica boxe na Cia Athlética.

Abaixo estão fotos do professor Miguel de Oliveira interagindo na ginástica com as meninas sócias do Paulistano, Ligia e Beatriz e ainda fazendo massagem nas costas delas para relaxarem no final do treino, o mesmo tratamento dado aos alunos da Cia Athlética, treinamento dirigido e atenção especial a todos.

Miguel de Oliveira nossos agradecimentos pela conquista do título mundial e por ensinar a todos como fazer sucesso no atendimento aos alunos nestes 29 anos.

 

Foto: Arquivo pessoal do colunista

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa