Felipão, Mattos e Cícero Souza em coletivaFoto: Reprodução/TV Palmeiras

Felipão, Mattos e Cícero Souza em coletivaFoto: Reprodução/TV Palmeiras

Depois de sucessivas críticas sobre o silêncio após a eliminação para o Grêmio, na Libertadores, a diretoria do Palmeiras, através do diretor de futebol, Alexandre Mattos, se manifestou sobre as últimas horas no clube. O dirigente afirmou que Luiz Felipe Scolari continua no comando do time.

“Nunca passou pela nossa cabeça uma troca”, justificou Mattos. “É o atual campeão brasileiro. Vamos prosseguir naquilo que a gente acha que é o melhor para o Palmeiras”, completou.

O diretor do Palmeiras se desculpou com os torcedores pela eliminação no torneio sul-americano. “Foi na minha história no clube a (derrota) mais dolorida”, resumiu.

Perto de completar cinco anos à frente do futebol do clube, Mattos não escondeu a tristeza com as acusações de que estaria “roubando” o Palmeiras e recebendo comissões nas transações do clube, conforme nota emitida pela torcida organizada do clube.

“O sofrimento vai mais para a família. Se tem alguma acusação prova. Estou no Palmeiras porque minha vida é limpa”, justificou.

Acompanhe abaixo a íntegra da entrevista coletiva de Alexandre Mattos, Luiz Felipe Scolari e Cícero Souza.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    42
  • 2 Pal
    39
  • 3 San
    37
  • 4 Int
    33
  • 5 Cor
    32
  • Veja tabela completa