Jogo do Peixe contra o San Lorenzo, pela Libertadores, está marcado para a capital federal. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Jogo do Peixe contra o San Lorenzo, pela Libertadores, está marcado para a capital federal. Foto: Ivan Storti/Santos FC

A Conmebol decidiu levar duas partidas de clubes brasileiros em suas competições para Brasília. Na última terça-feira (30), a entidade sul-americana anunciou que o jogo de Santos, pela pré-Libertadores, e Palmeiras, pela Recopa, serão disputados no estádio mané Garrincha, na capital federal. Entretanto, a Justiça Federal determinou que o Distrito Federal retome as restrições sociais em combate à pandemia e os jogos estão ameaçados.

A medida tem início na próxima quinta-feira (1) e inclui a suspensão de eventos esportivos, como partidas de futebol, como informa o site Esporte Brasília.

O Distrito Federal permaneceu durante 29 dias, no mês de março, com medidas restritivas e em lockdown. A determinação surge um dia após o governo do estado anunciar a flexibilização de atividades não essenciais.

Foram agendados para a capital federal o confrontos de Santos x San Lorenzo, pela Libertadores, e Palmeiras x Defensa y Justicia, pela Recopa. As duas partidas seriam disputadas em São Paulo, mas com a proibição das atividades esportivas coletivas no estado, a Conmebol se viu obrigada a encontrar uma saída para realizar os jogos.

A partida entre Santos e San Lorenzo, pela Libertadores, está marcada para o dia 13 de abril, em confronto válido pela terceira fase do torneio. No dia seguinte, 14, o Palmeiras decide a Recopa Sul-Americana contra o Defensa y Justicia no mesmo palco.

Além das competições internacionais, outros campeonatos podem ser afetados. Brasília também era vista pela CBF como opção para realizar a Supercopa do Brasil, entre Flamengo e Palmeiras, no dia 11 de abril.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa