Ricci expulsou os jogadores uruguaios Cavani e Fucile, além do técnico Oscar Tabárez

Ricci expulsou os jogadores uruguaios Cavani e Fucile, além do técnico Oscar Tabárez

Do UOL, em São Paulo

A arbitragem polêmica na partida entre Chile e Uruguai pelas quartas de final da Copa América pode custar caro para o árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci. De acordo com o jornal Marca, o juiz deve ser excluído do restante da competição pelos incidentes na partida, principalmente por não ter visto a 'dedada' do zagueiro chileno Jara no atacante uruguaio Cavani.

O periódico espanhol diz ter consultado diversas fontes ligadas à Conmebol que asseguraram que o trio de arbitragem brasileiro não voltará a apitar na Copa América devido à atuação no jogo da última quarta-feira.

Ricci expulsou os jogadores uruguaios Cavani e Fucile, além do técnico Oscar Tabárez. Ainda deixou de assinalar qualquer irregularidade na provocação de Jara, que passou a mão nas nádegas do adversário para provoca-lo.

Os uruguaios expulsos desfalcarão a seleção no início das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, assim como Luis Suárez. Eles ainda serão julgados pelo comitê disciplinar da Conmebol e correm o risco de pegarem ganchos pesados pelo incidente.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa