Técnico argentino desabafou sobre as vaias aos jogadores durante o jogo contra o La Calera. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Técnico argentino desabafou sobre as vaias aos jogadores durante o jogo contra o La Calera. Foto: Ivan Storti/Santos FC

A Vila Belmiro vem sendo um trunfo do Santos na Era Fabián Bustos. Apesar dos 100% de aproveitamento na casa desde que chegou, o treinador argentino vem se incomodando com a postura de parte da torcida.

Após a vitória do Peixe sobre o Unión La Calera, na noite da última quarta-feira (18), pela Copa Sul-Americana, com gol no último minuto de jogo,  Bustos desabafou.

“O Santos é imenso, do mundo. A torcida já viu coisas incríveis com Pelé, Neymar, Pepe, Edu e todos. Nos estamos tentando fazer nosso trabalho de pouco a pouco. A torcida não, mas uns três ou quatro criticaram muito a mudança do Felipe Jonatan. Fez um grande jogo taticamente e no esforço. Se o jogo terminar sem resultado, posso entender as críticas. Mas a equipe estava jogando bem”, disse o treinador.

“Teve uma pessoa que ficou insultando por 15 minutos depois que tirei o Felipe Jonatan. O mais importante é o Santos e não quem faz o gol”, comentou Bustos, que pediu maior apoio da torcida alvinegra.

“A torcida tem que estar conosco porque entraremos mais fortes, seremos uma melhor equipe, entraremos menos nervosos. A torcida nos ajuda ganhar, como nos ajuda a ganhar no último minuto. Sétimo jogo seguido ganhando como mandante, parecia que estávamos roubando, mas estávamos trabalhando”, finalizou o argentino.

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa