Última derrota por essa diferença de gols foi para o São Paulo, em novembro de 2020. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Última derrota por essa diferença de gols foi para o São Paulo, em novembro de 2020. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

O Flamengo chega em situação muito tranquila para o jogo de volta das semifinais da Libertadores, contra o Barcelona de Guayaquil, no estádio Monumental de Barcelona, em Guayaquil, no Equador. Após vitória por 2 a 0 no jogo de ida, no Maracanã, o Mengão pode perder por um gol de diferença que ainda assim estará na final. Caso perca por dois gols de diferença e marque gols, o time de Renato Gaúcho também se classificará. 

Aos equatorianos resta uma difícil vitória por três gols de diferença para eliminar o Rubro-Negro Carioca. O problema é que faz muito tempo que o Mengão não sofre uma derrota por essa diferença de gols. 

A última vez em que o Flamengo foi derrota por três ou mais gols de diferença foi em 18 de novembro de 2021, quando foi derrota por 3 a 0 pelo São Paulo, no estádio do Morumbi, na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil da temporada passada. De lá pra cá, são 71 jogos e nenhuma derrota por essa diferença.  

Derrota por 2 a 0 levaria a decisão para os pênaltis no Equador nesta quarta. A última vez, porém, em que o Fla foi derrotado por esse placar também está num passado distante: foi em 10 de janeiro de 2021, quando os cariocas acabaram derrotados por 2 a 0 pelo Ceará, em jogo válido pelo Brasileirão 2020. De lá pra cá, são 63 jogos. 

Poucas vezes derrotado, o Mengão não sofre três gols num mesmo jogo desde o mês de junho deste ano, quando foi derrotado por 3 a 2 pelo Red Bull Bragantino, pelo Brasileirão.  

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa