Aos 41 anos, o goleiro destacou que pretende seguir jogando. Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Aos 41 anos, o goleiro destacou que pretende seguir jogando. Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Depois de anunciar que não permanecerá no Palmeiras em 2020, Fernando Prass se despediu oficialmente do clube em coletiva nesta terça-feira (10), na Academia de Futebol. Destacando que pretende continuar jogando, o goleiro destacou que sua renovação com o Verdão não aconteceu por estratégia de Alexandre Mattos.

“A minha situação de ficar ou não no Palmeiras foi mais administrativa do que técnica”, disse Prass.  “O antigo diretor teve uma estratégia contratual que deixou mais ou menos meu destino selado aqui. Pelo que se criou, eu mesmo achei que era melhor... Melhor, não. Que não tinha muitas possibilidades de eu permanecer aqui. Última coisa que quero fazer é atrapalhar o planejamento do clube”, afirmou o goleiro se referindo a Alexandre Mattos que, ainda como diretor de futebol alviverde, encaminhou a renovação do contrato de Jaílson e afirmou que apenas um dos dois experientes goleiros do Verdão permaneceriam no clube em 2020.

Prass destacou que ainda consegue trabalhar em alto nível e que desejava se aposentar defendendo a camisa do Verdão.

“Sempre disse que minha intenção era encerrar a carreira no Palmeiras, que eu me vejo treinando em alto nível. Os índices físicos são excelentes. Nos jogos que fui chamado para jogar foi um desempenho bom. Esperava encerrar minha carreira aqui. Sempre falei que não depende só de uma pessoa. Sempre fui um cara muito competitivo. Se eu já era determinado, pode ter certeza que vou fazer um pouco mais”, disse.

Aos 41 anos e se mostrando bem fisicamente, Prass afirmou que não pretende se aposentar por enquanto. O arqueiro que é visto como ídolo por boa parte da torcida palmeirense valorizou o prazer que tem por jogar futebol e disse que agora, depois de se desligar do clube do Allianz Parque, vai estudar propostas.

“Durante o fim de semana, praticamente desliguei meu telefone. Combinei com meu empresário que depois que desse a coletiva, me desvinculasse realmente do Palmeiras, eu começaria a tratar disso. Sem vir aqui, sem explicar, sem agradecer à torcida, eu estaria muito focado aqui ainda. A partir de hoje à tarde, eu começo a pensar nisso”, declarou.

“Sou apaixonado pelo futebol, então é óbvio que sei que a carreira vai chegar ao fim, isso gera preocupação. Desde os 35, 36 anos, quando cheguei ao Palmeiras, você começa a pensar o que fazer. Eu me lembro que quando renovei contrato com o Vasco, era meu último contrato. Depois vim para o Palmeiras, renovei por mais dois, por mais um, por mais um, e vou jogar mais um ano. É claro que venho me preparando para encerrar. Com 38 anos, fui convocado para a seleção olímpica. Sempre tem as dificuldades”, comentou o goleiro.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa