Mexicano largou em terceiro e triunfou no Principado. Foto: Oracle Red Bull Racing

Mexicano largou em terceiro e triunfou no Principado. Foto: Oracle Red Bull Racing

O mexicano Sergio Pérez, da Red Bull, venceu neste domingo (29) o GP de Mônaco de Fórmula 1, sétima etapa do Mundial. Foi seu terceiro triunfo na categoria pela qual estreou em 2011. Ele vencera o GP do Sakhir em 2020, com a Racing Point, e o GP do Azebaijão em 2021, já pela Red Bull. Antes, pela GP2, ele também venceu a prova, em 2010. 

A estratégia da equipe austríaca funcionou perfeitamente no momento da parada nos boxes para substituição dos pneus de chuva extrema para intermediários, enquanto a Ferrari levou seus dois pilotos para troca ao mesmo tempo. Uma decisão que custou caro para o time italiano.

Assim, após andar na frente de Verstappen durante todo o fim de semana, Pérez sacramentou sua atuação no Principado com uma inesperada vitória, sobretudo considerando-se que os dois carros da Ferrari partiram da primeira fila e ele largou em terceiro.

No pódio, ao lado de Pérez, Sainz e Verstappen. No campeonato, Verstappen segue na liderança com 125 pontos, enquanto Leclerc, o segundo, foi a 116. Pérez agora soma 110, em terceiro. A volta mais rápida ficou com Lando Norris, que conduziu sua McLaaren aos boxes na parte final da prova, voltou com pneus novos e marcou o ponto de bonificação. Ele terminou em sexto.

PRÓXIMA ETAPA

Em duas semanas, dia 12 de junho, acontece a oitava etapa do Mundial, o GP do Azerbaijão, em Baku. Em 2021 a pole foi de Charles Leclerc, em 1min41s248. A vitória foi de Sergio Pérez, com Sebastian Vettel em segundo e Pierre Gasly em terceiro.

 

 ATRASO NA LARGADA 

A largada foi retardada por conta a chuva ter começado minutos antes do procedimento de volta de aquecimento. Com o asfalto ficando cada vez mais molhado, a direção de prova determinou que todos partiriam com pneus para chuva extrema. 

Após duas voltas comboiados pelo carro de segurança, a direção decretou bandeira vermelha, interrompendo a atividade, com a chuva aumentando muito de intensidade.

BANDEIRA VERDE

A paralisação foi longa e a largada, prevista para 10h, aconteceu somente às 11h10. Porém, com o carro de segurança comandando o pelotão, dois pilotos tiveram problemas, mesmo em velocidade reduzida, casos de Latifi, que bateu de leve o bico na Fairmont (antiga Loews) e Stroll, que raspou em um guard-rail e teve o pneu traseiro direito furado. Ambos foram para os boxes e conseguiram largar, optando por colocarem pneus intermediários, apostando na diminuição da chuva.

Nenhuma intercorrência quando foi dada a bandeira verde, com Leclerc puxando o pelotão, seguido por Sainz, Pérez, Verstappen, Norris e Russell.  

O nome do começo da prova foi Gasly, que primeiro superou Zhou e depois embutiu na traseira da McLaren de Ricciardo, lutando pela 12ª posição, conseguindo o feito no trecho de esses da Piscina.

Do grupo da frente, Pérez foi o primeiro a trocar de pneus, substituindo os de chuva extrema para os intermediários, isso na volta 17.

INTERMEDIÁRIOS OU SLICKS?

Com a pista secando, inclusive com os raios de sol rompendo o céu carrancudo do Principado, pilotos começaram a colocar em dúvida se não seria o caso de partir para os slick ao invés dos intermediários.

Leclerc, na volta 19, optou pelos intermediários, adotando uma estratégia conservadora. E, na parada, Leclerc perdeu a posição para Pérez, voltando em terceiro. Sainz, ainda na pista, liderava. Verstappen, também após parar, era o quarto, com intermediários.

Ricciardo, Sainz e Leclerc foram os primeiros a arriscar pelos slicks, na volta 22. Depois, todos seguiram esta postura. Pérez e Verstappen nos boxes na volta 22 para trocar pneus, duros slicks.

Pérez voltou na liderança, com Sainz em egundo, Verstappen em terceiro e Leclerc em quarto.

BATIDA FORTE

Mick Schumacher bateu muito forte na volta 28. O piloto da Haas perdeu o controle no setor da Piscina. A parte do dâmbio se separou do motor mas o piloto, de imediato, pelo rádio, confirmou que estava tudo bem com ele, que deixou sozinho o cockpit e o carro de segurança foi acionado. 

BANDEIRA VERMELHA

Com o forte impacto da Haas de Mick Schumacher, houve necessidade de um procedimento de correção da proteção no local, mais detalhada, e a direção paralisou a corrida com bandeira vermelha na volta 30 das 77 previstas.

Prova retomada com os carros em movimento, tendo Pérez em primeiro, Sainz em segundo e depois Verstappen, Leclec, Russell e Norris.

O tempo firmou, a asa móvel, antes não permitida, por conta do piso molhado, foi liberada, mas isso não promoveu mudanças no pelotão da frente, e Pérez venceu pela primeira vez nas ruas do Principado, seu terceiro triunfo na F1, seguido por Sainz e Verstappen.

CALENDÁRIO COMPLETO DO MUNDIAL DE FÓRMULA 1 EM 2022

20/03/2022 – GP do Bahrein – Sakhir – Pole de Charles Leclerc (1min30s558) - Vitória de Charles Leclerc 
27/03/2022 – GP da Arábia Saudita – Jedá – Pole de Sergio Pérez (1min28s200) - Vitória de Max Verstappen
10/04/2022 – GP da Austrália – Melbourne – Pole de Charles Leclerc (1min17s868) - Vitória de Charles Leclerc
24/04/2022 – GP da Emília-Romanha – Ímola – Pole de Max Verstappen (vencedor da Sprint) - Vitória de Max Verstappen
08/05/2022 – GP de Miami – Miami (EUA) – Pole de Charles Leclerc (1min28s796) - Vitória de Max Verstappen
22/05/2022 – GP da Espanha – Barcelona – Pole de Charles Leclerc (1min18s750) - Vitória de Max Verstappen
29/05/2022 – GP de Mônaco – Monte Carlo – Pole de Charles Leclerc (1min11s376) - Vitória de Sergio Pérez
12/06/2022 – GP do Azerbaijão – Baku – 
19/06/2022 – GP do Canadá – Montreal – 
03/07/2022 – GP da Inglaterra – Silverstone – 
10/07/2022 – GP da Áustria – Red Bull Ring / Spielberg – 
24/07/2022 – GP da França – Paul Ricard – Horários
31/07/2022 – GP da Hungria – Hungaroring / Budapeste – 
28/08/2022 – GP da Bélgica – Spa-Francorchamps – 
04/09/2022 – GP da Holanda – Zandvoort – 
11/09/2022 – GP da Itália – Monza – 
02/10/2022 – GP de Singapura – Marina Bay – 
09/10/2022 – GP do Japão – Suzuka – Horários
23/10/2022 – GP dos EUA – COTA / Austin – 
30/10/2022 – GP do México – Cidade do México – 
13/11/2022 – GP de São Paulo – Interlagos / Brasil – 
20/11/2022 – GP de Abu Dhabi – Yas Marina –  

  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa