Nico Rosberg superou o companheiro Hamilton para ganhar em Melbourne

Nico Rosberg superou o companheiro Hamilton para ganhar em Melbourne

Após um começo claudicante, quando seus dois carros foram superados na largada, a Mercedes iniciou o Mundial de Fórmula 1 fazendo a dobradinha no GP da Austrália, disputado na madrugada deste domingo (20), em Melbourne, com Nico Rosberg em primeiro e Lewis Hamilton em segundo. Foi a 15ª vitória de Rosberg, que precisou se recuperar depois da largada problemática.

Sebastian Vettel, que largou de forma excepcional, assumindo a liderança, terminou em terceiro com a Ferrari, pressionando Hamilton nas voltas finais até cometer um erro no giro 55, saindo para a grama e perdendo contato com o inglês.

Correndo em casa, o australiano Daniel Ricciardo mostrou que a Red Bull fez um bom trabalho em sua fábrica para cruzar na quarta colocação, imediatamente à frente do brasileiro Felipe Massa (Williams), em quinto, uma posição melhor do que aquela em que largou no traçado de 5.303 metros de Albert Park.

Estreia brilhante da equipe norte-americana Haas, que completou a lista dos seis primeiros, com o francês Romain Grosjean.

O brasileiro Felipe Nasr foi o 15º, três posições atrás do companheiro de Sauber, o sueco Marcus Ericsson.

Fernando Alonso protagonizou um grande acidente na volta 18, que ocasionou bandeira vermelha. Ao tentar ultrapassar Esteban Gutiérrez (Haas) o espanhol da McLaren tocou sua roda dianteira direita na traseira esquerda na do mexicano e inicialmente bateu no muro e, em seguiida, ao tocar na brita, acabou capotando. Fernando Alonso saiu mancando do carro mas em seguuida, já sem capacete, acenou para o público mostrando que estava bem. Talvez tenha sido o mais ilustrativo crash-teste em reais condições feito na Fórmula 1. Da McLaren, apenas o cockpit ficou intacto. Alonso, em entrevista, admitiu a culpa pelo toque, isentando Gutiérrez.

Com a paralisação da prova os carros foram todos para o pit-lane para que a pista fossse limpa. A relargada aconteceu com os carros em movimento, mantendo-se as primeiras colocações. Kimi Raikkonen teve problema em sua Ferrari, entrou nos boxes e precisou da ajuda dos mecânicos com extintores de incêndio para debelarem as chamas que saia da tomada de ar do carro escarlate.

A próxima etapa acontece no dia 3 de abril, o GP do Bahrein. No ano passado, Hamilton largou na pole e venceu a prova. Kimi Raikkonen e Nico Rosberg completaram o pódio.

Foto: UOL

RESULTADO DO GP DA AUSTRÁLIA - MELBOURNE - 20.03.2016

1) Nico Rosberg (ALE/Mercedes)
2) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - +8s
3) Sebastian Vettel  (ALE/Ferrari) - + 9,6s
4) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull0) - + 24s
5) Felipe Massa (BRA/Williams) - + 58,9s
6) Romain Grosjean (FRA/Haas) - + 72s 
7) Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - + 74s 
8) Valtteri Bottas (FIN/Williams) - +75,1s
9) Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso) - + 75,6s
10) Max Verstappen (HOL/Toro Rosso) - +76,8s
11) Jolyon Palmer (ING/Renault) - + 83,3s
12) Kevin Magnussen (DIN/Renault) - + 85,6s
13) Sergio Perez (MEX/Force India) - + 91,6s
14) Jenson Button (ING/McLaren) - a uma volta
15) Felipe Nasr (BRA/Sauber) - a uma volta
16) Pascal Wehrlein (ALE/Manor) - a uma volta
 
Não completaram a prova:
 
Marcus Ericsson (SUE/Sauber)
Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari)
Rio Haryanto (ID/Manor)
Esteban Gutiérrez (MEX/Haas)
Fernando Alonso (ESP/McLaren)
Daniil Kvyat (RUS/Red Bull) 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa