Meia do Beijing Guoan está na mira do Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians

Meia do Beijing Guoan está na mira do Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians

Atuando no futebol chinês há cinco anos, Renato Augusto tem chances consideráveis de voltar ao Brasil. O destino mais provável, nesse momento, parece ser o Corinthians, que já abriu as portas e aguarda uma possível rescisão do meia com o Beijing Guoan.

Claro que um jogador vindo da China é sempre uma incógnita. Um atleta com 33 anos e com o histórico de lesões de Renato Augusto talvez seja uma interrogação ainda maior. Afinal, a exigência física, técnica e tática na liga chinesa está muito abaixo do que vemos no Brasileirão.

Renato Augusto surgiu no futebol como meia-atacante no Flamengo. Camisa 10 do Rubro-Negro Carioca, o meia é um jogador acima da média do ponto de vista técnico e também intelectual. Não por acaso, ao longo da carreira se tornou um meio-campista completo, mostrando sempre ter uma compreensão profunda do jogo.

No Corinthians e na seleção brasileira, Renato se tornou quase um segundo volante. Com Tite, o ex-camisa 8 do Timão virou o “rentista”, que o treinador tanto gosta. Um jogador que organiza a saída de bola e dita o ritmo do meio-campo. Acelera e cadencia a partida de acordo com o que o jogo pede.

Apesar do período na China, Renato ainda pode ser muito útil no futebol brasileiro. O meia é daqueles jogadores que “arrumam” qualquer equipe.

Aliás, existem poucos no futebol tupiniquim com a característica do ex-corintiano. Não por acaso, mesmo já atuando na China, foi convocado por Tite para a Copa do Mundo de 2018.

Se de fato retornar ao Brasil e chegar em boa forma, livre de lesões e com fôlego para aumentar a intensidade de seu jogo, Renato Augusto chega com espaço em qualquer time da Série A do Brasileirão.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa