Fernando Diniz, técnico do São Paulo. Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Fernando Diniz, técnico do São Paulo. Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

"Sim, com a comissão técnica, com o Diniz (segue). A gente sabe que tem muito trabalho, muita seriedade, muito conteúdo, mas a gente tem que melhorar. Tivemos duas competições nesta temporada, completamente atípica com a pandemia. Tivemos duas competições (Paulista e Libertadores) e estamos fora".

A constrangedora declaração acima foi dada por Raí, ao Globoesporte.com, logo após o novo vexame do São Paulo, que conseguiu com uma rodada de antecedência ser eliminado na fase de grupos da Libertadores. E, honestamente, dá para entender toda essa paciência do diretor executivo de futebol tricolor com o técnico Fernando Diniz?

Muito difícil mesmo! A manutenção de Diniz no Morumbi após a eliminação do Campeonato Paulista contra o Mirassol até que não foi absurda. Afinal, o time tinha acabado de voltar de um longo período de inatividade e o Brasileirão estava para começar.

Mas agora é injustificável a permanência do treinador após a pífia campanha são-paulina na Libertadores-2020. No momento, o Tricolor soma apenas um ponto a mais que o Binacional, que em cinco jogos sofreu 20 gols (sendo apenas um deles marcado pelo São Paulo, que conseguiu perder para a extremamente frágil equipe peruana na primeira rodada).

E é importante lembrar que Rogério Ceni caiu por muito menos. Diego Aguirre também.

Com esse discurso, Raí, que sempre se demonstrou acima da média dentro e fora do campo, insulta a inteligência do torcedor são-paulino, que de bobo não tem nada.

Em um país que se acostumou a normalizar o absurdo, Raí aparentemente quer no São Paulo normalizar o fracasso. E um clube do tamanho do Tricolor não pode se acostumar com essa série de vexames.

Timão era mandante ou visitante?

O jogo do Corinthians contra o Atlético-GO foi na Neo Química Arena, sem torcida, é claro. Mas, pela postura do time em campo, parecia até que o Alvinegro estava enfrentando o Boca Juniors de Riquelme na Bombonera lotada.

Praticamente não incomodou o goleiro Jean, levou absurdo sufoco nos minutos finais e, se um técnico mais rodado não for contratado o quanto antes, a chance cair para a Série B pela segunda vez em sua história é enorme.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa