Treinador do Verdão destacou a atmosfera do Allianz Parque na virada contra o Atlético-GO. Foto: Cesar Greco

Treinador do Verdão destacou a atmosfera do Allianz Parque na virada contra o Atlético-GO. Foto: Cesar Greco

O Palmeiras conseguiu uma virada espetacular diante do Atlético-GO na noite da última quinta-feira (16), no Allianz Parque, marcando quatro gols em sete minutos, alcançou o 18º jogo consecutivo sem perder e abriu três pontos na liderança do Campeonato Brasileiro. Mas para o técnico Abel Ferreira, esse time pode ir ainda. Mais longe.

Após a partida, o treinador destacou que não saber qual é o limite para seus jogadores e destacou a sintonia com a torcida.

“Gostaria de dedicar essa vitória de modo especial aos nossos torcedores, acho que é a primeira vez que faço isso desde que estou no Brasil. Eles tiveram um papel importantíssimo na virada, e depois a qualidade dos nossos jogadores, a crença, vontade, força, o saber lidar com os momentos do jogo. É tudo isso. No último jogo perguntaram qual é o nosso limite, e eu não sei. Não sei qual é o limite desses jogadores, qual a vontade, o desejo deles. O que sei, o que sinto, é um amor por jogar futebol e uma paixão muito grande por competir”, disse o treinador do Verdão.

“Nunca vivi isso. Foi bonito a atmosfera, o ambiente, o momento, espetacular. Eu mesmo, no banco, que costumo ser controlado, no segundo ou terceiro festejei como se fosse um dos torcedores. Às vezes gosto de estar calmo e focado nesses momentos. Foram sete minutos incríveis, sete minutos à Palmeiras”, completou Abel.

Com uma campanha impecável até aqui, o Palmeiras lidera o Brasileirão com 25 pontos, três acima do Corinthians, que aparece em segundo lugar. O Verdão tem sete vitórias, quatro empates e apenas uma derrota, sendo dono do melhor ataque da competição (23 gols) e a defesa menos vazada (seis gols).

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa