Paulistinha

Ex-lateral do Botafogo
por Marcelo Rozenberg
 
Oswaldo Sampaio Júnior, o ex-lateral botafoguense Paulistinha, nasceu em Sorocaba em 20 de agosto de 1939 e morreu no Rio de Janeiro em 09 de fevereiro de 2005. Primeiro técnico brasileiro a trabalhar na Arábia Saudita, antes mesmo de Zagallo e Parreira, Paulistinha era casado com uma mexicana. Lutou muito contra um câncer e, para isso, tratou-se durante um bom tempo em hospital da cidade de Barretos (SP).

Grande nome do Botafogo, vestiu a camisa do clube em 305 jogos, com seis gols marcados e nada menos que 16 títulos conquistados, muitos deles sem expressão. Após encerrar a carreira tornou-se treinador. Teve até uma passagem pelo Goldfields Obuasi, de Gana, onde era conhecido como professor Oswaldo Sampaio Junior.

Estreou no Fogão em 05/06/1958 em uma partida contra a Portuguesa-RJ pelo Torneio João Teixeira de Carvalho. No final, o alvinegro venceu por 6 a 0. Despediu-se em 19/07/1969 em outra vitória do clube da estrela solitária por 2 a 0 sobre o Campo Grande, pela Taça Guanabara.

Sua relação de títulos pelo clube é impressionante: campeão carioca em 1961/62/67/68, do Torneio Início do Rio de Janeiro em 1962, do Torneio Rio-São Paulo em 1962/64/66, do Torneio de Teresina em 1966, da Taça Guanabara de 1967, da Taça Brasil de 1968, além de vários torneios internacionais (quadrangular de Bogotá, em janeiro de 1960, pentagonal do México, em fevereiro de1962, torneio de Paris, em junho de 1963, quadrangular do Suriname, em junho de 1964, e hexagonal do México,e m fevereiro de1968).

Paulistinha foi um coringa no Fogão. Atuou em diversas posições como quarto-zagueiro, beque-central, cabeça-de-área, lateral-esquerdo e até atacante.

Também foi técnico do Tiradentes do Piauí, conquistando o título estadual de 1972.
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    64
  • 2 Pal
    54
  • 3 San
    51
  • 4 São
    46
  • 5 Cor
    44
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES