Pando

Ex-lateral-esquerdo do Juventus

por Tufano Silva / Colaborou Márcia Maria Pando

Ex-lateral esquerdo do Juventus, José Pando morreu no dia 22 de janeiro de 2012, aos 76 anos, em São Paulo. O ex-jogador sofria de Mal de Alzheimer e estava internado há quatro anos.

Pando nasceu na cidade de Urupês-SP em 7 de março de 1935, mas mudou-se com apenas sete anos para o tradicional bairro da Mooca, onde permaneceu até sua morte. Lá, o ex-lateral era aposentado da Ford, mas também chegou a trabalhar como corretor de imóveis.

"O Pando gostava muito de lembrar dos times do passado. Isso era bom para ele, que foi um grande jogador e um bom companheiro nos tempos de Juventus", conta, com saudades, o ex-goleiro Nenê.

No dia 2 de agosto de 1959, Pelé marcou na Rua Javari o gol que muitos consideram ser o mais bonito de sua carreira. No entanto, pouco antes da genial jogada, o Rei do Futebol, à época com 18 anos, dividiu uma bola com Pando e o lateral juventino acabou levando a pior, sendo retirado de campo com o joelho fraturado.

Pando ficou com três cicatrizes no joelho. Ele batizou cada uma das cicatrizes: Edson, Arantes e Nascimento.

Além do tradicional Juventus da Mooca, Pando defendeu também os times da Portuguesa Santista, Jabaquara, Ferroviária de Botucatu, Paulista e Saad, de São Caetano.

O corpo do ex-jogador foi cremado na manhã do dia 23 de janeiro de 2012, no crematório da Vila Alpina, em São Paulo. Pando deixou a viúva Shirlei e os filhos Ronaldo, Fábio e Márcia.

ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 San
    32
  • 2 Fla
    30
  • 3 Pal
    30
  • 4 Atl
    27
  • 5 São
    27
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES