Octávio Pinto Guimarães

Ex-presidente da CBF
por Diogo Miloni
Octávio Pinto Guimarães foi um dirigente esportivo que comandou as principais entidades de futebol do Rio de Janeiro e chegou a presidir a Confederação Brasileira de Futebol, a CBF. Em 28 de maio de 1990, faleceu na capital fluminense vítima de câncer.
Natural do Rio de Janeiro, Octávio nasceu em 26 de maio de 1922 e sua primeira atuação na política esportiva foi em 1967, quando era mandatário da extinta Federação Carioca de Futebol, a FCF, onde ficou até 1978.
Em 1978, a entidade mudou de nome a passou a ser a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro e, mesmo com esta transição, Octávio Pinto Guimarães seguiu no comando até 1985.
No ano seguinte, Octávio selou uma parceria com Nabi Abi Chedid, então presidente da Federação Paulista de Futebol, para candidatar-se à presidência da CBF. Na mesma chapa, Octávio seria o vice do paulista, mas devido a um possível empate na contagem de votos, passou a ser o principal candidato por ser mais velho que os adversários, principal critério para o desempate.
Vencedor no pleito, o carioca enfrentou vários problemas dentro e fora da CBF. Diagnosticado com câncer, passou praticamente todo mandato,até 1989, lutando contra a doença. No futebol, seus principais obstáculos foram a decepção da Seleção Brasileira na Copa de 1986 e a criação do Clube dos 13, entre equipes que romperam com a federação.
O sucessor de Octávio Pinto Guimarães foi Ricardo Teixeira, que ficou 23 anos no poder da CBF, até março de 2012.
Foto: Reprodução/CBF
ver mais notícias

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES