Marcos Roberto

Ex-atacante do Corinthians, Guarani e Noroeste

por Rogério Micheletti

Ele surgiu no Corinthians, nos anos 80, como um promissor atacante.

Na partida de estréia na equipe profissional, no dia 21 de junho de 87, Marcos Roberto Sampaio Pimenta, o Marcos Roberto, encantou a Fiel contra o Palmeiras.

Marcos Roberto fez um gol e participou dos outros dois da vitória alvinegra, por 3 a 0, sobre o rival. No entanto, uma contusão (sofreu entrada violenta do zagueiro Wilson Gottardo, do Botafogo), quando defendia o Guarani, por empréstimo, em 89, prejudicou muito a carreira do atacante, que hoje mora em Atlanta, Estados Unidos, onde é professor de escolinha de futebol.

"Ele está muito bem lá. Tanto que não pensa em voltar tão cedo. E ainda poderia estar jogando, já que está em forma. Ele é casado e tem um filhinho", diz Fábio Bernat, amigo e cunhado do ex-atacante corintiano, que realizou 128 jogos pelo alvinegro, marcou 20 gols e ajudou o clube a conquistar o Paulista de 88 e o Brasileiro de 90.

Marcos Roberto viveu melhor momento da carreira no primeiro semestre de 89, quando chegou a ser elogiado por Cláudio Adão, na época um de seus companheiros de ataque. "O Marcos Roberto é um atacante muito inteligente.

Por isso, eu acho muito bom jogar ao lado dele", comentou Cláudio Adão.

Depois de defender o Corinthians na Copa do Brasil de 89, Marcos Roberto acabou sendo emprestado para o Guarani (em troca o Corinthians recebeu o volante Tosin). Em partida contra o Botafogo do Rio, no Brinco de Ouro, o atacante sofreu fratura da perna após sofrer falta do zagueiro Wilson Gotardo, que defendeu também o Guarani, o São Paulo, o Cruzeiro e o Flamengo.

Depois de um longo tempo no departamento médico corintiano, Marcos Roberto retornou aos gramados em 90 e ajudou, como reserva, o Corinthians a conquistar o Brasileirão de 90. Marcos Roberto participou do primeiro jogo decisivo contra o São Paulo.

Em 92, ele foi emprestado ao Noroeste de Bauru e no ano seguinte foi negociado em definitivo com o União São João (foi envolvido numa troca pelo zagueiro Henrique, que estava na equipe de Araras).

Jogou em vários países da América do Sul, entre eles na Venezuela e Peru, antes de retornar ao Brasil, onde atuou em equipes menores.

Fonte consultada para números de jogos pelo Corinthians: "Almanaque do Corinthians" (Celso Dario Unzelte)

ver mais notícias

Pelo Corinthians:

Atuou em 128 jogos e marcou 20 gols.

Fonte: Almanaque do Timão, de Celso Unzelte

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES