Didi

Ex-volante do América de Rio Preto e Palmeiras
por Marcelo Rozenberg
 
Valdir Manuel dos Santos, o Didi, ex-volante que nasceu em Santos em 18 de abril de 1949 e começou nas categorias de base do Corinthians, morreu em 17 de fevereiro de 2007.
 
No ano de 1975, Didi teve talvez a maior chance da sua vida, quando deixou o América de Rio Preto para defender o Palmeiras. Na época, foi visto por muitos como sucessor do lendário
 
Dudu, que dava mostras de que a carreira estava no fim. No entanto, 64 jogos e dois gols marcados depois, com 31 vitórias, 26 empates e 7 derrotas, Didi despedia-se do Parque Antártica sem deixar saudade (segundo dados do Almanaque do Palmeiras, de Celso Unzelte e Mário Sérgio Venditti), ofuscado pelo surgimento de Pires.
Seu futebol pouco visto porém eficiente foi encantar outras torcidas, como a do Grêmio Maringá, campeão Paranaense de 1977, e do Atlético Paranaense.

ver mais notícias

Pelo Palmeiras:

Atuou em 64 jogos e dois gols marcados, com 31 vitórias, 26 empates e 7 derrotas (segundo dados do Almanaque do Palmeiras, de Celso Unzelte e Mário Sérgio Venditti).

Selecione a letra para o filtro

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa

ÚLTIMOS CRAQUES