Duas derrotas seguidas, uma delas em clássico dentro de casa, e o clima no Palmeiras não é só mais de otimismo

Duas derrotas seguidas, uma delas em clássico dentro de casa, e o clima no Palmeiras não é só mais de otimismo

Danilo Lavieri
Do UOL, em São Paulo

Duas derrotas seguidas, uma delas em clássico dentro de casa, e o clima no Palmeiras não é só mais de otimismo. Os jogadores, no entanto, pedem calma, especialmente para a torcida que já perdeu a paciência com alguns nomes, como Maikon Leite, por exemplo.

Em entrevista concedida nesta segunda (9), após a derrota por 1 a 0 para o Corinthians, Amaral afirmou que a torcida precisa ter calma para ver um time com 19 contratações conseguir o entrosamento necessário para apresentar um bom futebol.

"A equipe do Corinthians é uma equipe que já tem padrão de jogo, se defende bem e tem jogadores experientes. Nossa equipe ainda está se conhecendo, os companheiros estão chegando e estamos buscando assimilar o que o professor está pedindo. O Cássio e o outro goleiro deles ainda entraram muito bem e pecamos em um erro que sabemos que não é normal", afirmou o atleta que foi um dos destaques nas bolas aéreas na intermediária.

O Palmeiras ainda precisa estrear alguns reforços como Arouca e Cleiton Xavier, aguarda o retorno de Valdivia e ainda contará com a volta de Nathan e João Pedro, que estavam na seleção brasileira sub-20.

Por isso, Amaral avisa que citar entrosamento para justificar a derrota no dérbi não é apenas uma desculpa.

"Não é só uma desculpa, é fato. Se fosse assim, todos times com problemas iriam contratar e solucionava tudo. E não é assim. Futebol não é da noite para o dia, estamos nos conhecendo aqui", afirmou o meio-campista que fez sua estreia em jogos oficiais.

"Os que estão chegando são jogadores importantes, maduros e experientes, que dispensam comentário. A gente sabe que precisa se adaptar o mais rápido possível para dar sequência e melhorar a nossa performance", completou.

O Palmeiras treina nesta segunda e terça-feira, na Academia de Futebol, e volta a jogar na quarta-feira, pela 4ª rodada do Campeonato Paulista. O adversário é o Rio Claro, a partir das 20h30, novamente no Allianz Parque.

VITOR HUGO RECEBE DEFESA

O zagueiro Vitor Hugo foi tema da coletiva nesta segunda por causa do seu erro que resultou no gol da vitória do Palmeiras. Amaral afirmou que o zagueiro tentou se desculpar frente aos colegas no vestiário, mas foi impedido.

"O Vitor Hugo tentou falar com a gente, mas logo cortamos. Porque se ganha um, todos ganham. Se perde um, perde todos. Não tem essa de um ser o culpado. Logo que ele tentou falar, o professor cortou", afirmou.

Em sua consta no Instagram, o zagueiro se desculpou e disse que esse é mais um dos obstáculos que ele precisará ultrapassar.

Foto: UOL

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    61
  • 2 Pal
    53
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    44
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa