Treinador do Timão criticou a postura da equipe diante do Atlético-GO. Foto: Rodrigo Coca/Ag Corinthians

Treinador do Timão criticou a postura da equipe diante do Atlético-GO. Foto: Rodrigo Coca/Ag Corinthians

O Corinthians decepcionou seu torcedor na partida de ida das quaras de final da Copa do Brasil ao ser derrotado por 2 a 0 pelo Atlético-GO, em Goiânia, na noite de quarta-feira (27). Para o técnico corintiano, Vítor Pereira, a explicação da derrota é a acomodação da equipe na partida.

Em entrevista coletiva após a o jogo, Pereira destacou que faltou fome ao Timão e disse que a vitória sobre o Atlético-MG, no último final de semana, pelo Brasileiro, em pleno Mineirão, “fez mal” para a equipe.

“Para mim a explicação deste jogo é muito simples. Vi uma equipe lutando em todos os duelos, jogar com a faca na boca, dividindo todos os lances, e vi a minha... Depois, a vitória em Mineiro (Atlético-MG) nos fez mal. Jogamos de barriga cheia. Não lutamos por todas as bolas, chegamos sempre atrasados, eles foram sempre mais rápidos e mais fortes na bola”, disse VP, que destacou a necessidade de mudar a postura para tentar reverter a vantagem de dois gols do Dragão.

“No segundo jogo em casa, temos que jogar exatamente como o Atlético jogou aqui, com a faca na boca, metendo o pé. Temos que ser agressivos em cada bola, disputar como se fosse a última, é a única forma de dar volta nesse resultado”, explicou.

“Dois a zero é dois a zero. Vamos ter que entrar e jogar da forma que o Atlético jogou aqui. Se jogarmos da forma determinada que nem jogaram aqui, temos possibilidade. Mas temos que mudar radicalmente a forma de estar em campo em relação a hoje. Não entramos com a mentalidade, apesar de todos os avisos, que deveríamos ter entrado”, completou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa