Treinador da seleção elogiou a forma como o Brasil conseguiu se impor sobre a Venezuela. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Treinador da seleção elogiou a forma como o Brasil conseguiu se impor sobre a Venezuela. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A magra vitória por 1 a 0 sobre a Venezuela na noite da última sexta-feira (13), no Morumbi, pela 3ª rodada das Eliminatórias, não deixou o técnico Tite totalmente satisfeito. Em coletiva após a partida, o treinador brasileiro explicou a dificuldade em furar o bloqueio da seleção venezuelana e destacou que faltaram jogadas individuais para o Brasil.

“No primeiro tempo não tivemos largura suficiente para quebrar a marcação individual. As triangulações começaram a acontecer a partir do gol, do passe que começou no Paquetá. Teve uma jogada na qual também o Richarlison recebeu. Havia o lateral-esquerdo no nosso contrário, mas precisávamos do lance individual”, comentou Tite.

“A Venezuela baixava no 4-5-1 e ficou muito difícil de furar. Depois fomos nos impondo. Teve um lance, inclusive, no qual Firmino bateu e eu achei que era gol”, completou o treinador.

Com a vitória, o Brasil lidera as eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022 com 9 pontos em três jogos disputados. A seleção volta a campo na próxima terça-feira (17), diante do Uruguai, em Montevidéu.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa