Treinador do Brasil valorizou a capacidade do ´um contra um´ de Vini Jr. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Treinador do Brasil valorizou a capacidade do ´um contra um´ de Vini Jr. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Grande surpresa na lista do técnico Tite na convocação realizada nesta sexta-feira (23), o atacante Vinicius Jr ganhou muitos elogios do treinador da seleção brasileira. Em entrevista coletiva, Tite ressaltou a capacidade do jogador do Real Madrid e se disse impressionado com a capacidade do atacante.

“Ele é um jogador da amplitude, o ponta, do um contra um. Ele tem virtudes físicas extraordinárias. Se um carro normal tem cinco marchas, ele tem seis ou sete. O ´um contra um´ dele impressiona”, explicou Tite.

O treinador da seleção brasileira ainda explicou a ausência de Daniel Alves. Fora da última convocação por lesão, o jogador do São Paulo também não foi chamado agora, mesmo estando bem fisicamente.

“O respeito a todos que foram convocados anteriormente é muito grande. Há uma competição de alto nível. Você faz escolhas, abrindo sempre essa busca da melhor performance. A escolha foi do momento”, declarou o técnico brasileiro

Questionado sobre a volta do volante Arthur, Tite ressaltou a capacidade de adaptação do jogador da Juventus e afirmou que o jogador tem a capacidade de infiltração e de jogar para frente, discordando do que disse o técnico de Arthur na Juventus, Andre Pirlo. O treinador do Brasil ainda ressaltou acreditar que o volante vai crescer muito nas mãos do ex-meio-campista italiano.

“Eu tenho colocado que levo muito em consideração momento e histórico dentro da seleção e projeção futura dele. O Arthur tem 24 anos e fez uma grande Copa América. Naquele momento onde tivemos tempo de trabalhar mais, vou te dar dados: o gol que o Gabriel Jesus foi uma infiltração dele (Arthur), não foi jogo para o lado. Essa capacidade que ele tem de se adaptar e crescer, é importante pra nós”, explicou.

“Tem essa briga com o Bruno (Guimarães, que não foi chamado dessa vez), sim, que é um grande jogador. Ter esse jogador com essas virtudes que já mostrou conosco e está com um técnico que era especialista dali (na posição). Ele só poderia ser melhor orientado pelo Clodoaldo (histórico volante do Santos nos anos 70)”, completou Tite.

Depois de largar na competição vencendo Bolívia e Peru, a seleção brasileira volta a campo diante da Venezuela, dia 13, no Morumbi, em São Paulo, e do Uruguai, no dia 17, no Centenário, em Montevidéu.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa