Centroavante argentino cobra R$ 6,5 milhões em salários atrasados no Timão. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians

Centroavante argentino cobra R$ 6,5 milhões em salários atrasados no Timão. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians

O Corinthians tem pouco mais de um mês para quitar dívida que acumulou com o atacante argentino Mauro Boselli. Hoje no Cerro Porteño, o centroavante acionou a Fifa e teve seu pedido atendido pela entidade máxima do futebol para receber pagamentos atrasados do Timão, segundo informações do GE.

Boselli deixou o Corinthians em dezembro de 2020 e cobra R$ 6,4 milhões referentes a salários atrasados. Pela determinação da Fifa, a partir do momento em que é notificado, o clube do Parque São Jorge tem 45 dias para quitar os valores com o jogador. Além dos valores cobrados pelo centroavante, o Timão precisa pagar ainda 5% de juros anuais acumulados sobre o valor total.

Ainda há a possibilidade de a direção alvinegra recorrer ao CAS (Corte Arbitral do Esporte) e tem 21 dias para isso. Caso não efetue o pagamento da dívida o Corinthians pode ser punido pela entidade máxima do futebol, ficando proibido de registrar novos jogadores. Uma eventual punição pode durar até três janelas de transferências consecutivas.

Boselli deixou o Timão com 72 jogos e 17 gols marcados. Em entrevista ao site 90 min, em janeiro desse ano, o centroavante revelou que tinha valores a receber do clube.

“O Corinthians ainda me deve um montão de dinheiro. Estamos vendo uma forma de poder saldar essa dívida”, declarou o jogador.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa