Ex-Inter, o atacante destacou que dá preferência ao colorado numa possível volta ao Brasil. Foto: Instagram/Reprodução

Ex-Inter, o atacante destacou que dá preferência ao colorado numa possível volta ao Brasil. Foto: Instagram/Reprodução

Sem clima na Ucrânia, onde foi alvo de ataques racistas, o atacante Taison não esconde o desejo de retornar ao futebol brasileiro. Na noite deste sábado (21), após jogo beneficente promovido por D´Alessandro, no Beira-Rio, o jogador Shakhtar Donetsk admitiu ter recebido um convite do Corinthians, mas destacou que dá total preferência ao Internacional em uma possível volta.

“Tenho mais um ano no Shakhtar. Tive proposta no meio do ano, da Europa, não me deixaram sair e ir embora. O desejo no Brasil é sempre o Inter. Falei com o Tiago Nunes, disse que me pediu lá no Corinthians e eu agradeci o convite. Fico feliz por sempre falarem em mim no Brasil. Tenho mais um ano de contrato e vou cumprir”, comentou o atacante.

Revelado no Colorado, Taison conquistou a Libertadores de 2010 no clube. No Shakhtar desde 2013, o atleta sofreu ofensas racistas em um jogo recente de sua equipe na Ucrânia. Após o episódio, o brasileiro destacou que gostaria de deixar o clube de Donetsk.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa