Atacante uruguaio tem contrato até junho, mas deve rescindir seu vínculo imediatamente com o Tricolor. Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Atacante uruguaio tem contrato até junho, mas deve rescindir seu vínculo imediatamente com o Tricolor. Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Fora dos planos do técnico Hernán Crespo, o atacante Gonzalo Carneiro e o meia Shaylon não devem permanecer no São Paulo. Nas últimas horas, o clube do Morumbi encaminhou as saídas dos dois atletas.

Com vínculo junto ao Tricolor até junho de 2021, Carneiro não foi inscrito no Paulistão e deve deixar o clube nos próximos dias. Segundo informações do repórter Eduardo Affonso, da ESPN Brasil, o uruguaio já não treinou no CT da Barra Funda na última segunda-feira (1) e o São Paulo trabalhar para definir os detalhes da rescisão do centroavante. Carneiro fez 34 jogos e dois gols pelo time do Morumbi. Contratado em 2018, o atacante ficou suspenso durante um ano ao ser pego no doping por uso de cocaína.

Já o caso de Shaylon é diferente. Depois de retornar ao Tricolor após ano emprestado ao Goiás, o meia está perto de ser emprestado novamente, dessa vez para a Chapecoense, segundo informações do blog do jornalista Alexandre Praetzel. Revelado na base tricolor, Shaylon, que está com 24 anos, não se firmou no time principal. Em 2019 o meia havia tinha sido emprestado ao Bahia.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa