Pituca ainda não se apresentou ao novo clube por conta da pandemia. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Pituca ainda não se apresentou ao novo clube por conta da pandemia. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Sem poder se apresentar ao Kashima Antlers, do Japão, por conta da pandemia do coronavírus, Diego Pituca segue no Brasil. Vendo o volante parado, o Santos tentou contar com o jogador por empréstimo até que Pituca fosse liberado para viajar ao Japão, mas esbarrou na punição que tem na Fifa.

Em entrevista ao jornalista Ademir Quintino, Pituca confirmou que nos últimos dias o Peixe tentou um empréstimo para contar com o jogador ao menos pelos próximos meses. Sem poder registrar novos jogadores por conta do Transferban imposto pela Fifa por conta das dívidas com Atlético Nacional e Huachipato, o clube da Vila Belmiro não conseguiu viabilizar o negócio.

“Eu não estou podendo viajar para lá. O Santos tentou sim, me manter aqui até eu ter autorização para ir para lá, o Kashima permitiu, mas infelizmente, os japoneses já tinham dado entrado em tudo, na documentação e eu até fiquei feliz de na semana seguinte poder voltar, mas não deu certo, porque o Santos não pode registrar”, revelou Pituca.

Titular absoluto do meio-campo santista nos últimos anos, Pituca foi vendido ao Kashima Antlers no mês de janeiro. O jogador já se despediu do Peixe está de malas prontas para o Japão. A pandemia, porém, o impede de entrar no país asiático. Com isso, Pituca segue aguardando autorização para viajar.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa