Peixe tem pendências a quitar com o Huachipato e Atlético Nacional. Foto: Ivan Storti/Santos

Peixe tem pendências a quitar com o Huachipato e Atlético Nacional. Foto: Ivan Storti/Santos

O Santos está novamente proibido de contratar novos jogador. A partir desta terça-feira (13), o Peixe sofre um novo ´transfer ban´ imposto pela Fifa e fica proibido de registrar novos atletas. A punição se dá por conta de dívidas do clube com o Huachipato, do Chile, e Atlético Nacional, da Colômbia.

Depois de se resolver com o Hamburgo e quitar a dívida que tinha com os alemães, o Peixe agora deve R$ 19 milhões ao Huachipato, do Chile pela contratação de Yeferson Soteldo, no início de 2019. Segundo o presidente em exercício do Santos, Orlando Rollo, os chilenos não chegaram a receber nenhuma parcela da venda até esse momento.

Com o Atlético Nacional a dívida é menor. O Santos contratou o zagueiro Felipe Aguilar (hoje no Athletico-PR) por cerca de R$ 5 milhões em 2019, desse valor o Peixe deve as duas últimas parcelas. Sob o comando de Orlando Rollo, o Peixe já montou uma equipe para negociar com os dois clubes.

A nova punição se dá a partir desta terça-feira, pois é quando se abre a janela de transferências internacionais no país. O novo bloqueio impediu que o colombiano Jonathan Copete fosse inscrito no Santos. Como era transferência internacional, não houve tempo para realizar um novo registro.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa