Atacante venezuelano foi vendido ao Toronto FC, da MLS. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Atacante venezuelano foi vendido ao Toronto FC, da MLS. Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Santos confirmou neste sábado (24) a venda do atacante Yeferson Soteldo. Por meio de comunicado, o Peixe informou que acertou a negociação com o Toronto FC, time do Canadá que disputa a MLS. Com a transferência, o Peixe conseguiu a liberação do Transfer Ban, imposto pela FIFA justamente pela dívida com o Huachipato, do Chile, pela compra do atacante venezuelano.

A negociação foi fechada por US$ 6 milhões (R$ 33 milhões). O Huachipato já tinha o direito a ficar com metade desse valor. Para sanar a dívida, o Santos repassou sua parte na venda de Soteldo aos chilenos (US$ 3 milhões) e ainda vai pagar mais US$ 500 mil nos próximos meses.

Ficou acertado ainda que o Peixe terá direito a 12,5% de uma venda futura do atleta, caso ele seja transferido em definitivo para algum clube de fora da MLS . Para concluir as negociações, os empresários do jogador acordaram em não receber comissão pela venda e o atleta abriu mão de seus pagamentos devidos pela rescisão do contrato.

Soteldo chegou ao Santos em janeiro de 2019 e ganhou destaque com a camisa 10 do Peixe. AO venezuelano atuou em 104 partidas e marcou 20 gols.

“Foi uma proposta que o Huachipato também aceitou e, principalmente, que o atleta queria. Não podíamos segurar o Soteldo, diante desse cenário. Na verdade, o Santos comprou, mas nunca pagou”, disse o presidente do Santos, Andrés Rueda.

“Com este Transfer Ban resolvido, abrimos uma janela para podermos considerar a contratações pontuais, dentro da responsabilidade financeira que assumimos no Clube, de atletas para encorpar o elenco, dada a participação em muitas competições de forma simultânea”, destaca o presidente.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa