Guilherme Bellintani, presidente do Bahia. Foto: Divulgação

Guilherme Bellintani, presidente do Bahia. Foto: Divulgação

Repercutiu no Brasil inteiro a imagem de Jair Bolsonaro, presidente da República, passeando de jet ski no último sábado (9), quando o país chegava ao número de 10 mil mortos por covid-19. E quem está por dentro do futebol brasileiro percebeu que o político usava a tradicional camisa do Bahia durante o momento de lazer. O fato rendeu críticas e elogios por parte dos torcedores do Tricolor de Aço.

Na última quinta-feira, Guilherme Bellintani, presidente do clube, comentou o fato.

"Naturalmente foi ruim ver a camisa do Bahia relacionada ao momento dos 10 mil mortos, mas cada um usa a camisa do Bahia...Não posso condenar o presidente da República de jeito nenhum. Dentro da torcida do Bahia tem pessoas que votam em A, B e C. Não posso ficar aqui condenando pessoas especificamente. Tenho que lutar por causas. E é isso que o Bahia tem feito", disse o dirigente.

Bellintani aproveitou também para falar sobre a importância da política de isolamento social neste momento em que o coronavírus se espalha pelo país.

"A gente entende que a política de isolamento social, lógico que dentro das circunstâncias de quem puder ficar em casa, ficar. Isso que a gente defende. A história vai mostrar que quem defende isso tem razão. Tenho certeza disso. Os países que estão afrontando essa estratégia estão indo por água abaixo. O Bahia vai ser parceiro de todas essas campanhas que prezam pelo avanço social equilibrado e justo", completou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa