Alejandro Dominguez mostrou confiança que o torneio voltará em breve. Foto: Conmebol/Divulgação

Alejandro Dominguez mostrou confiança que o torneio voltará em breve. Foto: Conmebol/Divulgação

As incertezas que rondam a continuidade da temporada do futebol no mundo afetam também a continuidade da Libertadores. Em meio à pandemia do coronavírus que paralisou o futebol em todo o planeta, o presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez, cogita dar continuidade para a principal competição do continente mesmo sem a presença de público.

Em entrevista à agência Reuters, Alejandro Domínguez destacou que disputar partidas com portões fechados pode ser uma solução para permitir o retorno das partidas assim que as autoridades de saúde permitam.

“Acho que as coisas voltarão ao normal, mas isso vai levar tempo. E é claro que quero ver estádios cheios. Mas se a forma de ter o futebol de volta é jogar sem torcedores, então é assim que vamos jogar”, disse o presidente da Conmebol.

Dominguez destaca a vontade de retomar a Libertadores assim que os campeonatos locais de cada país recomeçar suas atividades. O dirigente, porém, entende a dificuldade de reiniciar o torneio continental por conta das fronteiras fechadas nos países da América do Sul.

“A Libertadores pode recomeçar quando os campeonatos locais voltarem, embora a capacidade de transporte também seja importante, tendo em vista que a maioria dos países fechou suas fronteiras”, declarou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa