Jesualdo Ferreira destacou a pouca paciência do futebol brasileiro com os técnicos. Foto: Facebook/Reprodução

Jesualdo Ferreira destacou a pouca paciência do futebol brasileiro com os técnicos. Foto: Facebook/Reprodução

Favorito para assumir o comando do Palmeiras, o português Abel Ferreira terá pela frente um grande desafio no futebol brasileiro, pelo menos é o que assegura uma de suas grandes influências na carreira, o também português Jesualdo Ferreira, ex-tecnico do Santos.

Em entrevista ao Globo Esporte, Jesualdo, que é tido por Abel Ferreira como seu tutor, rasgou elogios ao seu pupilo, mas destacou que seu compatriota terá pouco tempo para mostrar sucesso no Verdão.

“Abel tem boas condições para poder fazer um bom trabalho e com condições de brigar por títulos. Sei que nos próximos quatro meses o Palmeiras tem mais de 20 jogos, e aí é um grande problema no Brasil: não há tempo para se trabalhar. Trabalhar não é só falar, dizer coisas boas ou ruins. Para organizar uma equipe, você tem que falar, formar e treinar. Se não fizer isso, não consegue”, disse Jesualdo.

“O tempo é muito curto porque os torcedores e a imprensa são muito exigentes. Têm muita paixão, gostam muito de futebol, e querem ganhar se possível para ontem, o que é impossível”, completa o ex-treinador do Santos.

Jesualdo ainda destacou que o futebol brasileiro precisaria passar por mudanças, mas que nem a pandemia foi capaz de modificar o cenário em que vivemos.

“O futebol brasileiro questiona o que se passa com os treinadores brasileiros e o motivo de o futebol aqui não ir para frente. Mas ninguém pergunta o que o futebol precisa fazer na sua organização para os treinadores terem sucesso no Brasil. O que tem que fazer? Há uma pandemia que para o futebol por quatro meses e volta tudo do mesmo jeito, sem se adaptar o calendário? Não há igual”, afirma.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa