Os três apagam velinhas nesta sexta-feira

Os três apagam velinhas nesta sexta-feira

Três treinadores com importantes conquistas no futebol brasileiro comemoram aniversário nesta sexta-feira (30); o paulistano Muricy Ramalho, hoje comentarista do SporTV, completa 65 anos; o mineiro Eduardo Amorim, natural de Montes Claros, atualmente sem clube, faz 70 anos e o gaúcho Celso Roth, nascido em Caxias do Sul, também sem clube, comemora 63 anos.

MURICY E EDUARDO, LONGAS CARREIRAS NOS GRAMADOS

Oriundo das categorias de base do São Paulo Futebol Clube, Muricy Ramalho foi um meia destacado nos anos 70. Com sua esvoaçante cabeleira, o então camisa 8 do Tricolor esteve perto de disputar a Copa de 1978, na Argentina, mas uma contusão no joelho impediu que ele estivesse disponível para ser chamado pelo já falecido Claudio Coutinho (1939-1981).

Último da esquerda para a direita, Muricy começou jogando Futebol de Salão no São Paulo

Eduardo, que só passou a ser chamado de Eduardo Amorim quando deixou os gramados e tornou-se treinador, começou pelo Cruzeiro em 1970, onde permaneceu até 1980, tendo conquistado cinco campeonatos mineiros e a Libertadores da América de 1976. Depois, no Corinthians, fez parte da memorável equipe que levantou a bandeira da Democracia Corintiana, conquistando o bicampeonato paulista (1982/1983).

Equipe do Corinthians na noite de 14 de dezembro de 1983, no Morumbi, quando conquistou o bicampeonato paulista diante do São Paulo. Em pé, da esquerda para a direita: Leão, Sócrates, Casagrande, Eduardo, Biro-Biro e Zenon. Agachados: Mauro, Alfinete, Paulinho, Juninho e Wladimir

CELSO ROTH, CARREIRA ABREVIADA POR CONTUSÕES

Se Muricy e Eduardo tiveram longevas carreiras nos gramados, o mesmo não aconteceu com Celso Roth, que foi zagueiro do Juventude-RS entre 1975 e 1978 apenas, mas seguidas lesões musculares e nos joelhos fizeram com que ele deixasse a carreira como jogador para ingressar em uma Faculdade de Educação Física, formando-se em 1982.

Parte do elenco do Juventude-RS em 1977. Em pé, da esquerda para a direita: Alcione, Alcir, Valmir Louruz, Edson Gaúcho, Tonhão, Vandeir e Jesus. Agachados: Jorge Anadon, Cacau, Assis, Badeco, Celso Roth e Renato Cogo

TREINADORES DE TÍTULOS IMPORTANTES

Muricy Ramalho, entre os três obteve as maiores conquistas como treinador, com destaque para quatro campeonatos brasileiros, três consecutivos pelo São Paulo (2006, 2007 e 2008) e mais um pelo Fluminense, em 2010.

Celso Roth, além de títulos gaúchos pelo Inter (1997) e Grêmio (1999), também conquistou a Libertadores da América em 2010, pelo Inter.

Eduardo Amorim teve um triunfo importante, na conquista da primeira Copa do Brasil, disputada em 1995, vencida pelo Corinthias, equipe que comandou com muito sucesso naquele ano, tendo vencido também o Campeonato Paulista.

Muricy Ramalho em 7 de agosto de 2018, no Morumbi, noite de inauguração do `Caminho dos Ídolos´ do São Paulo Futebol Clube. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Celso Roth ao lado de Milton Neves durante o Terceiro Tempo da Record, em 2003. Atrás, Daniela Freitas e Magrão

 

Luis Américo, Adnan, Eduardo Amorim, Polaco e Buião na festa de inauguração da Arena Corinthians, em 10 de maio de 2014. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE MURICY RAMALHO NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE EDUARDO AMORIM NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE CELSO ROTH NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa