Palmeiras não teve dificuldades para despachar o Melgar em Arequipa

Palmeiras não teve dificuldades para despachar o Melgar em Arequipa

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras não teve grandes problemas para golear o Melgar por 4 a 0 hoje, em Arequipa, no Peru, e se garantir nas oitavas de final da Copa Libertadores. Gustavo Gómez e Gustavo Scarpa (duas vezes) e Moisés marcaram os gols alviverdes, que de quebra também colocaram a equipe de Luiz Felipe Scolari na liderança do grupo F.

O resultado levou o Palmeiras a 12 pontos, contra 10 do San Lorenzo. O Verdão encara os argentinos no Allianz Parque na última rodada, daqui a duas semanas, em 8 de maio, uma quarta-feira, precisando apenas do empate para confirmar a primeira posição. Já o Melgar, com quatro pontos, e o Junior de Barranquilla, com três, estão eliminados.

O jogo foi tranquilo para o time brasileiro, que abriu o placar logo no início na bola parada e contou com uma trapalhada da defesa peruana para ampliar ainda no primeiro tempo. Scarpa e Moisés fecharam a conta na segunda etapa. O Palmeiras controlou o ritmo da partida como quis e praticamente não sofreu perigo.

Agora, o foco se volta para a estreia do Campeonato Brasileiro. Atual campeão, o Palmeiras recebe o Fortaleza neste domingo (8), às 19h, no Allianz Parque, pela primeira rodada do torneio nacional.
O melhor: Gustavo Scarpa

Escalado como meia central, na posição clássica de armador do time, o camisa 14 foi muito bem. Encontrou espaço em meio à marcação do Melgar, movimentou-se, ligou os setores da equipe e ainda fez dois gols. Também deu a assistência para Gómez abrir o placar.
O pior: Joel Sánchez

Meia mais criativo do Melgar, o camisa 22 mal foi visto em Arequipa. Parou na forte marcação do Palmeiras, perdeu quase todos os duelos contra Felipe Melo e, ao tentar ajudar a defesa e afastar de cabeça, ainda entregou de presente uma bola para Scarpa fazer o segundo gol do Verdão.
Felipão mexe nas peças do Palmeiras

Sem Ricardo Goulart, que ficou no Brasil seguindo um cronograma próprio de preparação física, Felipão reorganizou o setor ofensivo do Palmeiras. Gustavo Scarpa, que vinha jogando pela direita, foi escalado pelo centro; Dudu, que normalmente joga na esquerda, foi para o outro lado do campo; e Zé Rafael entrou pelo setor esquerdo. Deu certo, e os três tiveram boas atuações contra uma marcação frouxa do Melgar.
Verdão faz 1 a 0 com jogada ensaiada

Depois de passar quase duas semanas descansando e treinando, o Palmeiras mostrou a que veio logo aos 9 minutos de jogo. Em jogada ensaida de escanteio, Gustavo Scarpa cruzou da esquerda na cabeça de Gustavo Gómez, que se movimentou para sair da marcação e cabeceou sem resistência no canto do goleiro Cáceda. Gol que deu controle total ao Verdão no início.
Palmeiras domina e amplia com facilidade

O time alviverde seguiu controlando as ações. Com exceção de uma cabeçada em cima de Weverton no começo da partida, o Verdão não passou sustos. O segundo gol veio com naturalidade. Após uma bola longa para Deyverson, Dudu cruzou da direita, a defesa do Melgar afastou mal de cabeça e a bola sobrou no pé esquerdo de Gustavo Scarpa, que emendou de primeira um chute forte no canto para fazer 2 a 0.
Gómez quase faz mais um

Aos 34 minutos, Gustavo Gómez quase fez seu segundo gol na partida, em nova jogada de bola parada. A cabeçada do paraguaio foi novamente fora do alcance de Cáceda, mas Cuesta salvou em cima da linha e evitou que o Palmeiras ampliasse ainda mais o marcador no primeiro tempo.
Palmeiras volta disperso, mas marca o terceiro

O Palmeiras começou o segundo tempo em um ritmo abaixo, dando espaço para o Melgar chegar. Mas os peruanos não conseguiram criar chances claras e foram punidos aos 22 minutos com o terceiro gol alviverde. Hyoran, que havia acabado de entrar no lugar de Zé Rafael, recebeu de Bruno Henrique e serviu Scarpa, que dominou e acertou mais um chute preciso no canto do goleiro.
Moisés fecha a conta em belo contragolpe

Já no final, um contra-ataque mortal do Palmeiras terminou no quarto gol. Lucas Lima ficou com a bola pela esquerda e acertou bela virada de jogo para Scarpa, que enfiou em profundidade para Hyoran. O camisa 28 cruzou rasteiro e Moisés completou para o fundo do gol. O Melgar ainda terminou o jogo com dez em campo, depois de Neyra fazer falta forte em Lucas Lima, receber o segundo cartão amarelo e ser expulso.

Foto: Diego RAMOS / AFP (via UOL)


Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    13
  • 2 Atl
    12
  • 3 São
    11
  • 4 San
    10
  • 5 Int
    9
  • Veja tabela completa