Presidente do Verdão indicou que o projeto está avançado. Foto: Facebook/Reprodução

Presidente do Verdão indicou que o projeto está avançado. Foto: Facebook/Reprodução

As novidades do primeiro treino do Palmeiras no novo gramado do Allianz Parque foram além do piso sintético. Em conversa com a imprensa nesta quarta-feira (12), o presidente do Verdão, Maurício Galiotte, e o chefe financeiro da WTorre, empresa que administra o estádio, Luiz Davantel, teve um anúncio importante. Os dirigentes comunicaram que o clube encaminhou a construção de um museu nas dependências do estádio alviverde.

“A área onde vai ser (construído o museu) foi uma sugestão do Galiotte, perfeitamente adequada aos padrões que o Palmeiras imagina ser necessário. Estamos em ritmo acelerado de trabalho na parte técnica e jurídica de contratos. Cravar datas é sempre difícil, mas está indo superbem. Nesta fase, o projeto tem um contorno do que vai ser efetivamente o espaço, e toda a definição do Palmeiras vai ditar o tempo necessário. As bases já foram definidas, agora é fazer. Talvez, daqui um mês, podemos chamar novamente para conversar”, explicou Davantel  

Galiotte foi além e comentou que os procedimentos estão bem avançados para que o museu saia do papel.

“Vou ser mais otimista. A situação está bem perto de ser resolvida. São detalhes que estamos evoluindo, detalhes que estão com os departamentos jurídicos. Notícia boa para o torcedor palmeirense”, disse o presidente do Verdão.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa