A sensação até é de que o Flamengo tirou o pé na segunda etapa do duelo como forma de gratidão. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

A sensação até é de que o Flamengo tirou o pé na segunda etapa do duelo como forma de gratidão. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Não gosto de me gabar quando acerto um palpite, mas, olha, acertei na mosca no artigo que escrevi semana passada neste espaço. Definitivamente, a melhor decisão que um corintiano tomou no último domingo foi por não assistir ao duelo diante do Flamengo. Afinal, é compreensível o amor que o torcedor tem pela sua equipe e o sentimento de que é preciso estar ao lado do clube “na vitória ou na derrota”. Mas quem gosta de sofrer é masoquista, e ninguém é obrigado a passar por tanta angústia em seu tradicional dia de folga. 

Bem, e a verdade, pessoal, é que o 3 a 1 em Itaquera ficou muito, mas muito barato. Quase que de graça! É um resultado até considerado normal. Nem goleada é. Sem exageros, a impressão que ficou é que, apesar do placar modesto, o Timão deu ao Fla tanto trabalho quanto o ABC de Natal, goleado por 6 a 0 pela equipe da Gávea na última semana.

A sensação até é de que o Flamengo tirou o pé na segunda etapa do duelo como forma de gratidão pela enorme ajuda que a equipe do Parque São Jorge, e principalmente o goleiro Cássio, deram ao Rubro-Negro de Ceni na conquista do título brasileiro do ano passado. Sim, pois aquele 0 a 0 no Beira-Rio foi simplesmente inacreditável… 

Bem, mas o abismo escancarado no duelo de ontem entre rubro-negros e alvinegros assusta. Nem no Campeonato Carioca, contra um Madureira ou São Cristóvão da vida, o Flamengo teria tanta facilidade em dominar o seu rival como aconteceu ontem. Parecia um jogo de profissionais contra amadores. 

E mesmo com tudo isso, o Corinthians ainda ocupa a 11ª colocação do Campeonato Brasileiro. E, aparentemente, não tem muitas chances de cair para Série B - por mais que mereça -, dada a fragilidade de times como Chapecoense, América-MG, Cuiabá, Sport e Juventude - a briga deve ficar entre esses cinco. Mas, inegavelmente, dentre os clubes considerados grandes que integram a Série A atual, o Timão é, de longe, o mais inofensivo deles. 

Vejamos se as coisas mudam com as estreias dos reforços… 

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa