Ele, entretanto, ironizou a 'maldição' de que sempre torce pelo time que será derrotado

Ele, entretanto, ironizou a 'maldição' de que sempre torce pelo time que será derrotado

Mick Jagger, vocalista da banda The Rolling Stones, ganhou fama no cenário esportivo por ser considerado 'o maior pé-frio do mundo'. Dessa vez, ele esteve presente no Mineirão durante a goleada de 7 a 1 sofrida pelo Brasil contra a Alemanha e as brincadeiras continuaram.

Ele, entretanto, ironizou a 'maldição' de que sempre torce pelo time que será derrotado: "Eu posso assumir a responsabilidade pelo primeiro gol da Alemanha, mas não pelos outros seis!", disse em entrevista ao jornal britânico The Sun.

Jagger começou a ser chamado de azarado em 2010, quando foi assistir ao jogo dos Estados Unidos na Copa do Mundo ao lado do ex-presidente Bill Clinton e viu o time ser derrotado.

A apresentadora brasileira Luciana Gimenez, que também é mãe de um filho de Jagger, já se irritou recentemente com as piadinhas e considerou que tudo isso é bulliyng contra o garoto Lucas, de 15 anos, e seu pai: "Isso é bullying! Então o politicamente correto só vale para as minorias? Se você é rico e famoso pode sofrer ataques? O que é isso, gente? O respeito tem de ser geral!", disse à Veja.

A Alemanha derrotou o Brasil por 7 a 1 nas semifinais da Copa do Mundo. A derrota foi a pior da história para a seleção brasileira.

FOTO: UOL

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa